Ana Bacellar

Papos de anjo

Uma receita de antigamente, requintada pra valer. Na casa da avó do meu marido, mesa de festa sempre tinha uma compoteira cheia de bolinhos brilhantes, fofos e que, de tão amarelos, lembravam gemas inteiras, todos mergulhados numa calda aromatizada com canela, cravo e vinho do Porto. É um doce bem doce, mas nada além dos…

Ana Bacellar

Cereja em calda caseira

Desde criança, fui apaixonada pelo bombom cherry brandy da Kopenhagen, o do papel vermelho e da fitinha dourada e, só de olhar, já me sentia mordendo o chocolate e o licor maraschino com o fondant envolvendo a cereja ainda com caroço. Também sempre gostei de um Floresta Negra, o bolo embebido com maraschino (licor de…