Adicionar à minha lista

Vatapá

Lá tem vatapá… Então vá… Caymmi estava certo, vale a pena ir a Salvador por inúmeros motivos e comer vatapá é um deles.

O vatapá é um prato incrível e instigante, cheio de mistérios, pois grande parte dos ingredientes é batido no liquidificador e não aparece pra quem vê, só se percebe pelo sabor e pelo aroma. Nesse creme misterioso há amendoim, castanha de cajú, camarão seco, leite de coco e o pão embebido na água ou no caldo de peixe, que engrossa tudo e dá ao vatapá a cremosidade que só ele tem. Além desse batido, também entram na panela o dendê, cebola, alho, gengibre, tomate, pimentão verde e camarão fresco, que dão mais sabor e textura à receita. Enfim, um prato cheio de ingredientes intensos.

De tudo o que vai no vatapá, o camarão seco e defumado é, sem dúvida, o ingrediente mais complicadinho de se encontrar fora da Bahia, já que, muitas vezes, os que a gente acha por aí não são grande coisa ou são de procedência incerta ou duvidosa. Uns são salgados ou defumados em excesso, outros são tão secos que ficam quase vazios, só casca com uma borrachinha dura e salgada no centro. Pra resolver o problema, fiz mil testes até conseguir uma receita de camarão seco e defumado caseiro, que ficou demais de gostoso.

Muita gente imagina que vatapá é difícil de fazer, mas não é nada disso, é bem simples, fácil e rápido de preparar.

Vatapá tem que ter dendê, ele dá vida à receita, mas sabendo que os não baianos não gostam muito de exagerar na dose, sugeri uma quantidade básica, que dá sabor, aroma e costuma agradar. Até dá pra baixar pra umas 4 colheres (sopa), mas o resultado não será tão saboroso. Se, pela diminuição do dendê, o seu vatapá ficar amarelo meio desbotado, junte umas 2 colheres (chá) de colorau pra dar cor de um jeito natural e que não interfere no sabor.

O vatapá vai bem com arroz branco, farofa de dendê e peixe grelhado ou frito ou como recheio de empada ou acarajé ou pastel, pode fazer parte da mesa do dia-a-dia, mas enfeita qualquer mesa de festa.

Uma boa pimenta deixa o vatapá ainda melhor.

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de pão esmigalhado (2 pães franceses amanhecidos)
  • 1 e ½ xícara (chá) de caldo de peixe ou de água (360 ml)
  • 1 xícara (chá) de camarão seco e defumado descascado (80 g – camarão seco e defumado caseiro)
  • 1 xícara (chá) de leite de coco (240 ml)
  • 1/3 de xícara (chá) de castanha de caju torrada (40 g)
  • 1/3 de xícara (chá) de amendoim torrado e sem pele, pode ser salgado (40 g)
  • 1 cebola média em cubinhos (150 g)
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado
  • 2 tomates sem sementes e em cubinhos (250 g)
  • 1 pimentão verde pequeno em cubinhos
  • 200 g de camarão médio limpo e sem casca
  • 6 colheres (sopa) de azeite de dendê (90 ml)
  • Azeite de oliva
  • Sal

Preparo

Coloque o pão numa tigela com o caldo de peixe ou água e deixe descansar por 5min.

Bata o pão com o líquido no liquidificador com o camarão seco, o leite de coco, a castanha e o amendoim até obter um creme liso, reserve.

Regue o fundo de uma panela média com azeite de oliva e nele doure a cebola, o alho e o gengibre. Quando perfumar, junte o tomate, o pimentão, o sal e espere murchar.

Acrescente o camarão fresco, sal e, quando mudar de cor e de textura, junte o creme do pão, o dendê e, sempre mexendo, deixe ferver e engrossar.

Acerte o sal, retire do fogo e sirva com arroz branco, farofa amarelinha de dendê, peixe grelhado ou frito e pimenta.

Se quiser, guarde por até 48h na geladeira e aqueça na hora de servir.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *