Adicionar à minha lista

Sorvete com crocante caramelizado de avelãs

Ana Bacellar Sorvete com crocante caramelizado de avelãs

O sorvete com crocante caramelizado de avelãs faz bonito na hora da sobremesa e agrada quem ama avelãs e quem adora sorvete com os crocantezinhos brilhantes pelo caramelo espalhados pelo creme.

Um dia desses, pra fazer um bolo de festa, a gente preparou um tanto razoável de crocante de avelãs, só que foi muito e sobrou uma xícara dele já estilhaçado no processador. E como, com tanto calor e umidade do ar, o crocante poderia começar a melar em pouco tempo, foi preciso pensar numa receita gostosa aproveitando a base tão especial.

A Ana, que é apaixonada por avelãs, pensou logo num sorvete, pois o calor estava insuportável e eu comecei a pensar no creme que envolveria o crocante. Pra variar e realçar o sabor das avelãs, decidi deixar o creme inglês com ovos e baunilha de lado e usei como base um sorvete de leite, sempre delicado e simples de preparar, e isso mesmo sem ter sorveteira.

Sem sorveteira: leve o creme ao freezer por 1h e 30min (como esse creme não é aveludado e engrossa com gemas, ele leva um pouco mais de tempo pra começar a firmar, retire e bata com a batedeira por 5min, volte ao freezer e repita a operação mais 3 vezes (guarde o sorvete no freezer por até 1 mês). E a receita funciona com leite e creme de leite sem lactose.

Quando o sorvete começou a ficar cremoso, mas antes de firmar demais, eu misturei o crocante e voltei com ele pro freezer. Nada além disso.

Não é preciso dizer que o sorvete com crocante caramelizado de avelãs foi a sobremesa do jantar aqui de casa. Era um jantar de dia a dia, mas que se transformou em especial pelo sorvete mais chiquezinho.

Não tenha medo de encarar o preparo do crocante, só seguir as etapas da receita e vai dar certo. O primeiro passo é levar as avelãs ao forno por uns 20min pra perder o sabor “cru”, secar, dourar e facilitar a retiradas das peles (quando as avelãs douram, ainda no forno as peles estalam e se soltam naturalmente). Saindo do forno, é preciso espalhar as avelãs sobre um pano limpo, dobrar o pano e esfregar pra descartar o máximo possível de pele. Então vem o caramelo, que não é bicho-de-sete-cabeças, tem sabor, aroma e cor únicos. Quando o caramelo chegar ao ponto certo, chega o momento de misturar as avelãs até envolver tudo muito bem, despejar no tapete de silicone e esperar endurecer por uma meia hora. Depois disso, só quebrar a placa em pedaços, como se fosse pé-de-moleque, e colocar no liquidificador ou no processador e triturar.

Pra variar, só substituir as avelãs por nozes comuns ou pecãs, amêndoas ou castanha-do-Brasil (até fiz com castanha-de-caju, mas ela não fica tão crocante como as outras).

Ingredientes

Sorvete

  • 2 xícaras de leite (480 ml)
  • 2/3 de xícara de açúcar (100 g)
  • 1 xícara de creme de leite, fresco de preferência, mas também pode ser de lata ou de caixinha (240 ml)

Crocante

  • 1 xícara de avelãs cruas e com pele (125 g)
  • 1/4 de xícara de água (60 ml)
  • 1 xícara (chá) açúcar (150 g)

Preparo

Sorvete – Com umas 8h, ou até 3 dias de antecedência, aqueça metade do leite e o açúcar numa panelinha, espere levantar fervura e retire do fogo.

Imediatamente, transfira esse leite fervente pra uma tigela média, junte o leite restante e o creme de leite, misture até obter um creme homogêneo e espere esfriar. Quando esfriar, leve ao freezer por mais ou menos 1h e 30min pro creme começar a encorpar e firmar nas bordas, momento em que o crocante deve ser misturado. Se for usar sorveteira, deixe o creme na geladeira e coloque pra turbinar só quando o crocante estiver pronto, pois nela tudo é mais rápido.

Crocante – Enquanto o creme firma no freezer, prepare o crocante de avelãs.

Aqueça o forno a 160ºC (médio-baixo), espalhe as avelãs numa assadeira pequena e leve ao forno por uns 20min, até ficarem levemente tostadas, perfumadas e com as peles rachando.

Retire do forno, coloque as avelãs sobre um pano limpo e esfregue pra soltar e descartar o máximo possível de pele, reserve.

Separe um tapete de silicone ou unte com manteiga uma superfície de mármore de uns 30×30 cm.

Pro caramelo do crocante, que é o passo seguinte, misture a água e o açúcar numa panelinha até dissolver.

Aqueça e, movimentando a panela de vez em quando, deixe no fogo até chegar a um caramelo dourado (se muito claro, ficará muito doce e não terá sabor de caramelo e ele amarga quando escurece demais).

Imediatamente, retire a panela do fogo, misture as avelãs apenas até envolver todas elas com o caramelo e despeje sobre o tapete silicone. Não se preocupe com o formato e nem com a espessura da placa, só tente espalhar um pouco. Deixe amornar por uns 30min ou até firmar e ficar no ponto de quebrar.

Solte a placa de caramelo, quebre em pedaços de uns 3 cm (irregulares mesmo), coloque no liquidificador ou no processador e pulse algumas vezes pra triturar, mas cuidando pra deixar uns pedacinhos maiores.

Junte o crocante ao creme gelado já encorpado e batido ou coloque na cuba da sorveteira quando o sorvete começar a firmar.

Com a sorveteira, bata até chegar ao ponto de sorvete e depois leve ao freezer (ele se conserva bem por até 1 mês). Sem sorveteira, volte com o creme ao freezer depois de misturar o crocante, deixe lá por uns 30min, ou até firmar de novo nas bordas, misture bem com uma espátula pra conseguir um pouco de leveza e repita o processo mais 2 vezes.

Retire o sorvete do freezer uns 10min antes de servir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *