Adicionar à minha lista

Sopa cremosa de cogumelos

O segredo de uma sopa de cogumelos com muito sabor e muito aroma é usar um mix de cogumelos, pelo menos três diferentes. Eu gosto de usar shiitake, portobelo, Paris, shimeji, mas quando encontro algum diferente sempre dou um jeito de acrescentar. Quando acho menos variedades e quero mais intensidade e, sabor simplesmente compro pacotinho de cogumelos secos, daqueles de 25 g, hidrato em água fervente por, mais ou menos, 1h e uso no refogado.

A limpeza dos cogumelos merece atenção! Normalmente, cogumelos são higienizados apenas esfregando de leve com uma escovinha macia, ou com um pano, e só devem ser passados rapidamente sob a água da torneira se estiverem com muita terra. Eles funcionam como esponja, não devem ficar imersos em água, pois encharcam e perdem sabor.

O refogado dos aromatizantes na manteiga com um fio de azeite faz toda a diferença na sopa. Usei alho-poró, que é delicioso, mas com cebola o creme também fica ótimo. Quando os aromatizantes começam a dourar, junto os cogumelos, espero murchar e aí acrescento o vinho branco, deixo ferver, junto a água, o amarrado de ervas, sal e deixo no fogo por uns 20min. Também dá pra usar caldo de legumes, caseiro de preferência, mas os cogumelos são tão intensos que a água resolve.

Nessa hora, como adoro a textura dos cogumelos, sempre reservo 1/3 do refogado pra manter pedaços no meio da sopa e bato no liquidificador o restante, que fica com puro sabor de cogumelo. Volto com tudo pro fogo, misturo o creme de leite, deixo aquecer, acerto o sal e a pimenta (uso a branca pra sopa ficar mais bonita, mas pode usar preta) acrescento a cebolinha picada, mas também pode ser salsinha, e sirvo com pão.

Quando quero preparar a sopa com antecedência, faço quase tudo, deixando só pra aquecer, juntar o creme e a cebolinha na hora de servir.

É uma sopa que conforta, que só pede fatias de pão pra deixar a refeição perfeita, e isso tanto numa noite fria de qualquer dia da semana, como numa ocasião mais especial.

Com certeza é das minhas sopas preferidas!

Ingredientes

  • 1 kg de cogumelos variados (Paris, portobelo, shiitake, shimeji, o mix que quiser)
  • 25 g de manteiga
  • 2 talos de alho-poró em rodelas finas ou 1 cebola bem grande em cubinhos (200 g)
  • 1 dente de alho bem picadinho
  • ¼ de xícara (chá) de vinho branco (60 ml)
  • 4 xícaras (chá) de água (960 ml)
  • 1 amarrado de ervas preparado com 1 folha de louro, vários ramos de salsinha, manjericão e tomilho e folhas e talos de salsão
  • 1 xícara (chá) de creme de leite fresco (240 ml)
  • 4 colheres (sopa) de cebolinha-francesa picadinhas (8 ramos)
  • Azeite de oliva
  • Sal
  • Pimenta-do-reino branca

Preparo

Limpe os cogumelos, descartes pontas duras e corte o restante em fatias finas.

Doure o alho-poró a cebola na manteiga, junte o alho-poró e o alho e espere murchar e perfumar. Adicione os cogumelos, sal e espere murchar.

Acrescente o vinho, deixe ferver por 1min, depois junte a água e o amarrado de ervas e cozinhe por uns 20min, até amaciar.

Descarte as ervas, ajuste o sal e a pimenta e passe 2/3 da sopa pro liquidificador e mantenha o restante na panela.

Bata a sopa no liquidificador até obter um creme liso e volte com ela pra panela.

Junte o creme de leite, deixe ferver, acerte o sal e a pimenta, acrescente a cebolinha picada e sirva em seguida com pão.

Se quiser, prepare na véspera, guarde na geladeira, mas deixe pra acrescentar o creme de leite na hora de aquecer e a cebolinha só no final).

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *