Adicionar à minha lista

Samosas fritas de frango

Ana Bacellar

Uns preferem as samosas assadas, outros adoram as fritas e eu fico com as duas. Elas são perfeitas como petiscos, como acompanhamento ou até como prato principal de uma refeição descontraída e como entrada de um almoço ou jantar indiano.

Acho bem divertido fazer um lanche de samosas com recheios variados, só fritas ou fritas e também assadas, como as samosas de batata e cebola, uns dois ou três chutneys, como chutney de maçã e nozes, chutney de manga rapidinho e chutney de tamarindo, molho de pimenta e uma salada fresca de pepino, iogurte e hortelã pra acompanhar e dar harmonia à mesa, que ganha ainda mais vida com um pano de estampa indiana (até um lenço serve).

Sugeri, aqui, um recheio de frango, que sempre faz sucesso, mas nada impede que se recheie do que quiser. Já fiz várias vezes com carne moída e também gosto de acrescentar ½ xícara (chá) de ervilha, sempre tenho um pouco no freezer, mas também dá pra usar a da latinha.

Depois de experimentar muitas samosas fritas, percebi que as massas variam bastante, desde as fininhas, que lembram as dos nossos pastéis, às grossinhas, que pedem manteiga no lugar do óleo e são mais saborosas. Testei receitas com óleo, com manteiga comum e com manteiga clarificada, a preferida dos indianos (quase todas as receitas que encontrei na minha biblioteca pedem manteiga clarificada, que dá sabor e leveza). Como clarificar a manteiga é um processo simples, basta aquecer a manteiga em fogo baixo, retirar toda a espuma da superfície, retirar do fogo, deixar descansar por uns 15min e, com cuidado, transferir a manteiga limpa de impurezas pra uma outra tigela, deixando pra trás todas as partículas depositadas no fundo, acho que vale a pena clarificar (clarifique uns 75 g de manteiga pra conseguir 50 g de manteiga clarificada). Se a pressa for grande ou se a preguiça bater mais forte, use manteiga comum.

Pode parecer pouco, mas as pitadas de curry realmente dão vida à massa, não deixe de usar.
Também não deixe de levar a massa à geladeira pra descansar por pelo menos meia horinha, pois ela descansada fica bem mais leve e crocante.

Na realidade, dá tranquilamente pra preparar a massa e o recheio na véspera e, se quiser, até montar elas, deixando só a fritura pra pouco antes da hora de servir.

Ah, já ia me esquecendo da modelagem, que não é complicada, embora possa parecer: basta dividir a massa em 12 bolinhas, abrir cada bolinha até conseguir um disco de uns 12 cm, cortar cada disco meio, pegar uma metade, juntar as pontas pra formar um cone, como casquinha pra sorvete, apertar a emenda pra fechar bem, rechear e fechar a abertura pinçando e depois fazendo uma dobra.

Ingredientes

Massa e finalização

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (aproximadamente 240 g)
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 pitadas de curry
  • 50 g de manteiga comum ou já clarificada
  • ½ xícara (chá) de água (aproximadamente 120 ml)
  • Farinha de trigo pra polvilhar
  • 900 ml de óleo vegetal

Recheio

  • 25 g de manteiga
  • 1 cebola grande em cubinhos (180 g)
  • 1 dente de alho pequeno picadinho
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado
  • ½ colher (chá) de curry
  • ¼ de colher (chá) de cominho
  • ¼ de colher (chá) de canela em pó
  • ½ colher (chá) de cúrcuma
  • 1 peito de frango grande cozido e desfiado (300 g, ou carne moída, bovina ou cordeiro moído)
  • 2 colheres (sopa) de coentro picado (2 ramos)
  • Sal
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Numa tigela grande, misture a farinha, o sal, o curry, a manteiga e a água e trabalhe com até conseguir uma massa macia e que descole das mãos. Envolva a massa em filme plástico e leve à geladeira de 30min a 24h.

Enquanto isso, numa panela média, aqueça a manteiga e doure ligeiramente a cebola. Junte o alho e o gengibre, espere perfumar, misture o curry, o cominho, a canela e a cúrcuma e, quando soltar bastante aroma, acrescente o frango e sal.

Retire do fogo, passe pra uma tigela, deixe esfriar e junte o coentro.

Na hora de montar as samosas, polvilhe uma superfície com farinha, divida a massa em 12 partes e faça uma bolinha com cada uma delas.

Abra com um rolo até conseguir discos bem finos, de uns 12 cm de diâmetro. Com uma faca, corte cada disco ao meio pra conseguir 24 meios-círculos, pegue uma metade, dobre ao meio unindo o lado reto como um leque, dê o formato de cone, como casquinha pra sorvete, una bem a emenda.

Coloque uma colher de sopa de recheio na cavidade, feche a abertura pinçando com os dedos e depois dobre pra dar o efeito de trancinha.

Cubra as montadas com pano úmido ou filme plástico pra massa não ressecar (se quiser, prepare na véspera e guarde na geladeira).

Aqueça o óleo numa panela média. Mergulhe no máximo 3 samosas no óleo por vez, banhando-as sempre com a escumadeira e virando pra que fiquem estufadas e crocantes dos dois lados. Escorra as samosas, seque sobre papel absorvente e sirva com chutneys e molho de pimenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *