Adicionar à minha lista

Salaminho de chocolate

Ana Bacellar

Portugueses e italianos adoram salame de chocolate, um doce simples e rápido de preparar, que pede fogo ou microondas só pra derreter o chocolate e nem precisam de aquecimento quando preparado com chocolate em pó. Além do chocolate, que dá vida à receita, sempre entram no preparo a manteiga, responsável pela estrutura e maciez, os biscoitos quebrados que dão o crocante e fazem com que a receita visualmente se pareça com um salame. Quando se usa chocolate derretido, não é preciso acrescentar açúcar, mas ele é essencial quando se usa apenas chocolate ou cacau em pó. Muitas receitas antigas, que só eram de misturar e não iam ao fogo, pediam ovos, que davam cremosidade ao salame, mas hoje eles costumam ficar de lado, pois pouca gente se sente confortável com gemas sem cozimento.

O salame agrada crianças e adultos e vai bem no dia a dia e também como sobremesa de uma refeição mais especial, tanto que, em algumas regiões da Itália, o salame di cioccolato sempre faz parte das mesas de Páscoa e de Natal. Pras comemorações, os italianos costumam acrescentar à receita básica amêndoas ou pistaches torrados (pra quantidade da receita, só acrescentar 100 g de qualquer deles ou de alguma outra castanha) e vinho Marsala ou rum (1 colher de sopa). Aliás, há mais de vinte anos, comi no sul da Itália um salame delicioso de chocolate branco, com biscoito escuro e pistaches. Em Portugal, terra em que o salame de chocolate faz um sucesso enorme e, segundo muito, seria o local de origem da receita, ele sempre agrada e faz parte de muitas mesas de festa.

Meu marido adora e vira e mexe me traz um pacote de bolacha do supermercado e com jeitinho vai me perguntando se eu não estou com vontade de comer salame de chocolate. Como já me acostumei ao recado, logo tiro a manteiga da geladeira pra que ela naturalmente fique macia, quebro as bolachas, derreto o chocolate, depois misturo, dou o formato e levo à geladeira pra firmar e, depois de pelo menos 6 horas, desembrulho e sirvo em rodelas. Aliás, a única dificuldade do salame é o ter que esperar pra servir. Na pressa, até dá pra levar o salame ao freezer pra firmar, mas acho que a textura da geladeira é mais gostosa.

Como sempre, os bons ingredientes são os grandes responsáveis pelo sucesso da receita. Um salame preparado com um chocolate fraco, manteiga sem gosto ou margarina e uma bolacha com sabor artificial de x será sempre sofrível. Já o salame feito com uma manteiga boa, um super chocolate, que pode ser mais ao leite ou mais amargo, e uma boa bolacha tem tudo pra ser delicioso. Quanto à bolacha, dá pra usar uma bolacha maisena tradicional ou qualquer mais crocante, artesanal de preferência (é um bom jeito de usar bolachas ou biscoitos caseiros já mais velhinhos).

No verão, num dia de calor, uma fatia de salaminho gelado cai muito bem com um café ele é o máximo, portanto é sempre uma delícia. Como a receita é muito fácil e sempre agrada, ela é uma ótima ideia pra fazer com as crianças.

A receita é prática pra receber, pois pode ficar pronta na geladeira por até 1 semana. Dá até pra fatiar com algumas horas de antecedência, espalhar no prato de servir, cobrir com filme e deixar na geladeira. Se quiser dar ainda mais cara de salame, role o salame no açúcar de confeiteiro na hora de servir e deixe pra fatiar na mesa (não faça isso com antecedência, pois o açúcar dissolve e mela em não muito tempo).

Ingredientes

  • 200 g de chocolate ao leite ou meio amargo em cubinhos
  • 200 g de bolacha maisena quebrada em pedaços médios
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente

Opcional

  • ½ xícara (chá) de amêndoas, castanhas ou pistaches torrados e inteiros
  • 1 colher (sopa) de rum (15 ml)

Preparo

Numa tigela limpa e seca, derreta o chocolate no micro-ondas por uns 2min ou em banho-maria.

Junte a bolacha, a manteiga e mexa até conseguir uma mistura homogênea.

Abra um retângulo de filme plástico ou de papel manteiga ou alumínio sobre o mármore. Molde um rolo de uns 2 cm de diâmetro no centro do filme, embrulhe, feche bem e enrole pra fechar e dar o formato de cilindro.

Coloque o cilindro numa assadeira e leve à geladeira por 1h.

Quando retirar, role com delicadeza pra acertar o formato e volte pra geladeira por pelo menos mais 5h, ou até por uns 1 semana.

Na hora de servir, desembrulhe o salame e corte em rodelas de mais ou menos 0,5 cm de espessura.

Se quiser, antes de cortar, role o salame no açúcar de confeiteiro pra dar ainda mais aparência de embutido que ficou curando por bastante tempo.

Sirva gelado.

2 Comentários

  1. 1

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *