Adicionar à minha lista

Salada francesa de lentilha

Ana Bacellar salada francesa de lentilha

Aqui vai a receita de salada francesa de lentilha, que eu adoro.

Ela vale por uma refeição e fica ainda melhor quando descansa pelo menos por 6 e até por 24h na geladeira. Vai bem no dia a dia, em momentos especiais e é perfeita pro réveillon, pois muita gente acredita que lentilhas trazem sorte pro anto que se inicia. A receita também é boa pra levar pra um piquenique ou na marmita.

Com lentilhas comuns a salada fica deliciosa, mas se encontrar lentilhas francesas, que são bem escuras e miúdos, ela fica ainda melhor. Aliás, seria lindo se as lentilhas alaranjadas, que a gente encontra nos empórios árabes e em alguns supermercados, mas elas não mantem a forma, amolecem e se desmancham antes mesmo de estarem totalmente cozidas.

Assim como acontece com a salada francesa de batata, o x da questão está em temperar as lentilhas bem quentes. Quer dizer, a gente coloca as lentilhas pra cozinhar em água com aromatizantes, deixa no fogo até que elas fiquem cozidas, mas ainda firmes, escorre, coloca numa tigela e tempera imediatamente. Dessa forma, elas absorvem bem mais os temperos e ficam super saborosas. Pra temperar, uso cebola picada bem miudinho, vinagre de vinho tinto, mostarda Dijon comum ou ancienne, azeite de oliva, salsinha, sal e pimenta-do-reino.

A salada pode ir à mesa depois de umas 3h na geladeira, mas quando preparada de véspera ela fica ainda melhor. Ela fica perfeita na geladeira por uns 3 dias.

A salada francesa de lentilha funciona como acompanhamento de um grelhado ou de legumes em geral, e isso tanto no verão, como no inverno, mas ela é tão substanciosa que, nos dias quentes, vale como uma refeição. Quando estou na praia e resolvo o jantar com um lanche ou alguma outra coisa descontraída, vira e mexe preparo essa salada de lentilhas e sirvo um pão, como o pão maravilhoso na panela de ferro e um queijo gostoso.

Ingredientes

  • 500 g de lentilhas comuns ou francesa miúda e escura
  • 1 amarrado de ervas preparados com 1 folha de louro, vários ramos de salsinha, manjericão, tomilho, folhas e talinhos de salsão
  • 1 dente de alho inteiro e sem casca
  • 1 cenoura pequena em 3 pedaços (120 g)
  • 1 cebola média em cubinhos miúdos (150 g)
  • 1/4 de xícara de vinagre de vinho tinto (60 ml)
  • 2 colheres (sopa) de mostarda Dijon
  • 1/2 xícara de azeite de oliva (120 ml)
  • 8 colheres (sopa) de salsinha picadinha (uns 10 ramos)
  • ½ limão ou de 1 a 2 colheres (chá) de açúcar pra acertar a acidez, se necessário
  • Sal
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Lave e escorra as lentilhas, coloque panela com o amarrado de ervas, o dente de alho, a cenoura, cubra com água e aqueça.

Descarte a espuma que subir e deixe no fogo até que as lentilhas estejam cozidas, mas ainda firmes e inteiras, uns 30min.

Escorra e descarte o caldo do cozimento e passe a lentilha ainda quente pra uma tigela grande.

Junte a cebola, o vinagre, a mostarda, sal e pimenta e misture com delicadeza pra não machucar os grãos.

Junte o azeite e a salsinha e misture de novo.

Cubra e leve a salada à geladeira por pelo menos 3h, mas a salada fica ainda mais gostosa quando descansa por umas 24h (ela se conserva bem por uns 3 dias).

Na hora de servir, ajuste o sal e a pimenta, acerte a acidez com um pouquinho de suco de limão ou de açúcar e regue com mais azeite se for preciso.

2 Comentários

  1. 1
    • 2

      Eliana, bom dia!
      Que gostoso saber que você adorou a receita da salada de lentilhas e que ela já passou a fazer parte da sua cozinha.
      Continue aqui Na Cozinha da Helô, pois não faltam histórias, dicas, receitas e fotos apetitosas.
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *