Adicionar à minha lista

Salada de cevadinha, tomate, queijo e manjericão

Adoro essa salada de cevadinha, tomate e manjericão. Eu também sempre acrescento um tanto de mussarela de búfala ou de parmesão em lascas, que inclui na receita, mas só não estão na foto porque eu esqueci o queijo na geladeira na hora de fotografar (sinceridade total…). Não é um ingrediente obrigatório, pode ser desconsiderado e a salada se tornará um super prato vegano.

Faço bastante, principalmente no verão, naqueles dias em que uma salada reforçada resolve a refeição. A receita é simples e prática, basta cozinhar a cevadinha, misturar o restante, descansar na geladeira pra ganhar sabor e levar à mesa na hora de servir.

Quanto à cevadinha, é fato que nem sempre é fácil de encontrar nos supermercados comuns, mas toda loja de produtos naturais vende. Se não encontrar, use arroz integral ou mistura 7 grãos.

Cozinho a cevadinha como cozinho arroz, apenas leva bem mais tempo no fogo (mais ou menos 1h depois da fervura). O cozimento merece atenção, pois os grãos devem estar cozidos no final, mas ainda firmes e soltinhos. A quantidade da água pra cozinhar pode variar um pouco, já que os grãos mais velhos são ainda mais duros (já cozinhei em 30min, 45min e 1h, só experimentando pra sentir se estão cozidos). Se já estiverem cozidos, mas ainda restar líquido na panela, só deixar escorrer passando por uma peneira.

O repouso da cevadinha já cozida e temperada na geladeira por menos 2 a 24h é essencial pra conseguir uma salada saborosa. Normalmente, junto o tomate, o queijo e o manjericão depois desse repouso, mas confesso que, várias vezes, já misturei tudo de uma vez e a salada ficou ainda mais saborosa, ainda que com o tomate e o queijo com menos brilho e o manjericão não tão verde.

Ingredientes

  • 1 cebola média em cubinhos miúdos (150 g)
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1 e ½ xícara (chá) de cevadinha lavada e escorrida (300 g)
  • 1 litro de água (aproximadamente)
  • 1 folha de louro
  • 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico (30 ml)
  • ¼ de xícara (chá) de azeite de oliva extravirgem (aproximadamente, 60 ml)
  • 24 tomates-cereja bem vermelhos e maduros cortados ao meio
  • 250 g de mussarela de búfala em cubos médios ou em metades se forem cerejinhas ou ½ xícara (chá) de parmesão em lascas
  • 3 colheres (sopa) de folhas de manjericão (uns 3 ramos grandes)
  • Sal
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Numa panela média, aqueça um fio de azeite e doure ligeiramente a cebola. Junte o alho, espere perfumar e acrescente a cevadinha, a água, o louro e 1 colher (chá) de sal.

Quando ferver, abaixe o fogo e cozinhe por mais ou menos 1h, até que os grãos estejam cozidos, mas firmes, e o líquido tenha secado. Se a água secar e os grãos ainda estiverem firmes, junte mais um pouquinho de líquido. E se experimentar uns grãos e eles já estiverem cozidos, mais ainda houver um pouco de água, retire a panela de fogo e passe tudo por uma peneira pra escorrer o excedente de líquido.

Coloque o vinagre, o sal e a pimenta numa tigela média, misture até dissolver, depois incorpore o azeite e junte a cevadinha ainda quente.

Misture bem, ajuste o sal, a pimenta e deixe amornar.

Acrescente o tomate, o queijo, o manjericão, cubra com filme plástico e leve à geladeira por pelo menos de 2 a 24h.

Antes de servir, ajuste o sal e a pimenta e regue com mais um fio de azeite.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *