Adicionar à minha lista

Salada de bonito ao curry

Ana Bacellar

Quando estou na praia e com a casa cheia, com muito sol e calor, sempre preparo um almoço reforçado, pois todo mundo chega da praia com uma fome daquelas. Aí vem aquele fim de tarde preguiçoso, a piscina ao anoitecer, conversas na varanda e, de repente, lá pelas nove e meia da noite, alguns começam a sentir vontade de comer alguma coisa e, em pouco tempo, quase todos estão atrás de algo pra beliscar. Pra organizar a vida, há uns 20 anos eu decidi que, nesse horário, serviria sempre um lanche com uma salada mais substanciosa.

O repertório de saladas foi aumentando, mas essa, inspirada numa receita que vi num dos primeiros livros do James McNair, sempre faz sucesso (mudei o peixe de conserva pra fresco, que depende de cozimento, mas deixa a salada mais saborosa e refinada e troquei a maionese pronta do molho por maionese caseira).

Como os caiçaras de Toque-Toque Pequeno sempre trazem bonitos nas redes, passei a preparar a salada com bonito no lugar do atum tradicional, mas com atum, e até com salmão fresco, o sucesso também é garantido.

O molho de iogurte e curry dá o sabor de mil e uma noites, a maionese dá cremosidade e sabor, a maçã, uva-passa e o pepino dão textura, frescor, colorido e adocicado e a castanha traz o crocante que completa o prato.

Se quiser uma salada mais rápida e simples de preparar, abra 2 latinhas de atum em conserva, que muitas despensas têm (2 latas de 170 g cada são suficientes pra receita). Nesse caso, dispense os ingredientes “para o peixe” e pule a etapa do seu cozimento, pois basta abrir as latas, escorrer e usar.

Eu gosto de preparar uma receita de maionese caseira, usar a quantidade pedida e guardar o restante pro outro dia, mas, na pressa ou na preguiça também dá pra abrir um pote de maionese.

Ingredientes

Peixe

  • 400 g de bonito ou atum, limpíssimo e em cubos de uns 2 cm
  • ½ cebola média cortada ao meio (75 g)
  • 1 dente de alho inteiro e sem casca
  • 1 xícara (chá) de vinho branco (240 ml)
  • 1 folha de louro
  • 4 ramos de salsinha
  • ½ colher (chá) de pimenta-do-reino em grão

Salada

  • 170 ml de iogurte natural (normalmente 1 copinho)
  • ¾ de xícara (chá) de maionese, caseira de preferência (150 g)
  • 2 colheres (chá) curry
  • 1 colher (sopa) de suco de limão (1/4 de limão)
  • 1/2 cebola média em cubinhos bem miúdos (75 g)
  • 1 maçã vermelha lavada e com casca e em cubinhos
  • 1/4 de xícara (chá) de picles agridoce de pepino picadinho (30 g)
  • ½ xícara (chá) de uva-passa escura (75 g)
  • ½ xícara (chá) de castanha de caju (75 g)
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha picada (2 ramos)
  • 3 colheres (sopa) de salsinha picada (3 ramos)
  • Sal

Preparo

Coloque o peixe, a cebola, o alho, o vinho, o louro, a pimenta e 1 colher (chá) de sal numa panela média e junte água apenas o bastante pra cobrir tudo.

Aqueça e cozinhe em fogo baixo por uns 10 a 15min, até que o peixe esteja macio e se separando em lascas.

Descarte o caldo do cozimento, espere o peixe esfriar, separe as lascas pra deixar a salada mais bonita e pedaçuda, reserve.

Numa tigela grande, misture o iogurte, a maionese, o curry, o limão e umas 2 pitadas de sal e depois junte a maçã, o pepino e a uva-passa.

Com muita delicadeza pra não desmanchar as lascas, adicione o peixe e a castanha.

Leve a salada à geladeira por umas duas horas, acerte o sal, misture as ervas e sirva.

Ela se conserva bem na geladeira por até 24h, depois disso começa a juntar água e perde em textura e o frescor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *