Adicionar à minha lista

Receita de doce de abóbora com coco

Ana Bacellar receita de doce de abobora com coco

Essa receita de doce de abóbora com coco é muito gostosa. Quem gosta de doces e compotas, e eu faço parte desse time, costuma adorar doce de leite, goiabada, bananada e doce de abóbora e se for uma receita de doce de abóbora com coco ainda melhor.

Eu adoro doce de abóbora de qualquer jeito, tanto em cubos na calda, quanto em cubos sequinhos por fora e macios por dentro, feitos com cal com jeito de antigamente, pastoso simples e pastoso com coco. Na verdade, acho que o com coco é o meu preferido, ainda mais se o coco for fresco e ralado grosso, pra morder os fiapos que dão a textura incrível e o sabor delicioso. Com uma fatia de queijo mineiro fresco ou meia-cura o doce ganha ainda mais vida.

Quando colho abóboras aos montes (aos montes mesmo!) na fazenda, descasco um monte de uma vez, já que descascar é a parte mais trabalhosa das receitas com abóbora, e vou usando. Mas no dia a dia, acabo mesmo comprando abóbora já descascada no sacolão perto de casa e aí o doce não tem mistérios, fica pronto em pouquíssimo tempo.

Pra receber, a receita de doce de abóbora com coco é perfeito, abóbora custa pouco e rende bastante.

Ingredientes

  • 1 kg de abóbora madura descascada e em cubos médios
  • ½ xícara (chá) de água (120 ml)
  • 3 xícaras (chá) de açúcar (450 g)
  • 1 pedaço de canela em pau
  • 2 cravos
  • 1 xícara (chá) de coco fresco ralado (100 g)

Preparo

Numa panela grande, aqueça a abóbora, a água, o açúcar, a canela, o cravo e mexa até dissolver.

Mexendo só de vez em quando, cozinhe em fogo baixo por uns 30min, até a abóbora amaciar e brilhar.

Junte o coco, mexa para desfazer os pedaços de abóbora e retire do fogo.

Descarte a canela, deixe esfriar e coloque numa compoteira.

Sirva em temperatura ambiente ou gelado.

11 Comentários

  1. 1

    Oi Helô, tudo bem ? Faço esse doce do jeito caipira. Na noite anterior, coloco a abóbora e o açúcar (350 grs por quilo ) tampo a panela e deixo a noite toda. De manhã, coloco no fogo, e a abóbora já soltou toda água, vc não precisa por mais. O resto do processo é igual. Bjs, obrigada por compartilhar suas delícias

  2. 5
    • 6

      Boa noite!
      A receita funciona com abóbora de pescoço, com abóbora menina e com abóbora moranga (aquela dos gomos), as diferenças ficam por conta da textura do doce, pois umas são mais fibrosas, outras têm polpa mais lisa. A gente também testou com a abóbora japonesa – cabotiá – e deu um doce gostoso, mas com a consistência de purê. Pra experimentar, uma boa ideia é comprar bandejas com abóbora já descascada e em cubos e preparar o doce sem ter que comprar uma abóbora grande.
      Quanto ao cravo, obrigada pela ajuda! A gente deixou passar e já acertou na receita: ele vai junto com a canela.
      Continue aqui com a gente.
      Abraços, Ana e Helô

  3. 7

    Olá Helo! Amo suas receitas! A receita da salada de batatas francesa acabou com a versão da maionese. Fiz o doce de abóbora, são três xícaras de açúcar mesmo? Fiz só com duas xícaras, para a mesma quantidade de abóbora, mas ainda assim achei que ficou muito doce…

    • 8

      Ana Paula, boa noite!
      Obrigada pelo carinho. É muito gostoso saber que as nossas histórias, fotos, dicas e receitas deixam o dia a dia mais saboroso e divertido.
      Aqui em casa, a gente sempre faz a salada de batata e não enjoa …
      Quanto ao doce, o açúcar é mesmo o x da questão. Quase toda receita de doces em calda e compotas antigos eram calculados “um pra um”, quer dizer, 1kg de fruta pra 1kg de açúcar. Essa proporção clássica não costuma agradar hoje em dia, já que os doces ficam doces demais. A gente sempre tenta diminuir o açúcar ao menos pela metade e ficar com doces com mais ou menos 500g de açúcar pra 1kg de fruta e normalmente funciona (o nosso doce de leite leva muito menos açúcar que os antigos, por exemplo).
      O que a gente tem que compreender é a finalidade do açúcar na receita. Um tanto de açúcar é essencial pra transformar a fruta em doce, dar textura e sabor e, principalmente, pra conservar o doce por mais tempo.
      Se você quiser preparar um doce pouco doce, com mais ou menos 1 e 1/2 xícara de açúcar, é claro que pode, mas ele vai se conservar bem por no máximo de 3 a 5 dias na geladeira. Com mais açúcar ele dura mais.
      Experimente e depois conte pra gente.
      Abraços, Ana e Helô

      • 9

        Obrigada! Também não enjoo da salada de batatas, fico inventando “acompanhamentos” para ela” Rsrssss Vou tentar o doce, depois te conto! Beijos de luz!

        • 10

          Ana Paula, bom dia!
          Obrigada pelo carinho.
          Que gostoso saber que você está aproveitando a receita da salada de batata. Simples e deliciosa, né?
          Conte depois como ficou o doce.
          Abraços, Ana e Helô

          • 11

            Helô, boa tarde! Fiz o doce com uma quantidade menor de açúcar (1 xícara), e vou “dar a mão a palmatória”, não ficou ruim, mas o gosto era de abóbora cozida adocicada! Não ficou aquele gostinho de doce da casa da vó em Franca! Aprendi a lição! Valeu! Amo suas dicas! Bom final de semana! Beijos de luz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *