Adicionar à minha lista

Quirera de milho cremosa com queijos nossos

Ana Bacellar

Adoro quirera de milho, também chamada de canjiquinha, e fico brava quando escuto algum dizer que isso não é comida de gente e sim de passarinho. O problema começa na hora de comprar, pois poucos supermercados de cidades grandes têm e, quando têm, ela dificilmente está nas prateleiras das farinhas e dos cereais e sim na seção de pássaros. Eu compro tanto dos supermercados como comida de passarinho, como nos mercados centrais ou do interior de São Paulo e de Minas Gerais, em zonas cerealistas e de pequenos produtores, que quebram o milho de maneira artesanal.

Gosto de sopa de quirera, frango ou costelinha com quirera, como salada e, de uns anos pra cá, fiquei fã de quirera preparada como arroz e cubinhos de queijo que derretem e dão uma cremosidade deliciosa à receita, que é simplérrima.

Como, em casa, todos adoram quirera e, vira e mexe, eu preparo com frango e ela fica saborosa demais, um dia pensei em preparar apenas ela, sem frango, cozinhando do jeito como cozinho arroz e ficou uma delícia. Daria pra servir exatamente como ela estava na panela, mas como resolvi ralar os pedaços de queijo variados e curados que tinha na geladeira, misturei e show!

Ela ficou mais cremosa ainda e com aqueles fios irresistíveis dos queijos derretidos, que como ainda tinham sabores e texturas bem diferentes, derreteram cada um de um jeito (funcionam muito bem: Canastra-MG, Serrano-RS, Atalaia-SP, Figueira-SP e Castanho-SP, Reino-PE). É claro que, quanto melhor o queijo, melhor o resultado, mas uso o que tenho, tanto um bem fresco, um mais curado, um parmesão nota 10 ou até um de saquinho, apenas respeito a quantidade total da receita.

Numa tigelinha, como entrada de uma refeição de um dia frio, ela vai muito bem, mas também acompanha maravilhosamente carnes vermelhas, aves e uma concha daquele feijão de caldo grosso e temperado que faz parte do dia a dia de quase todo brasileiro.

Não deixe a dificuldade de encontrar a quirera te desanimar, vá atrás e experimente.

Ingredientes

  • 1 cebola média em cubos pequenos (150 g)
  • 1 xícara (chá) de quirera de milho/canjiquinha (180 g)
  • 3 xícaras (chá) caldo de frango caipira ou de legumes ou água (aproximadamente 750 ml)
  • 1 folha de louro
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de uma mistura de queijos brasileiros grosseiramente ralados (o importante é mesclar queijos mais e menos curados e pelo menos um que derreta muito bem) – (uns 200 g)
  • Óleo vegetal
  • Sal

Preparo

Regue o fundo de uma panela média com um fio de óleo e doure ligeiramente a cebola.

Misture a quirera, junte o caldo, o louro, sal e cozinhe com a panela semi-tampada por uns 20min, até que esteja cozida e macia, mas não se desmanchando.

Desligue o fogo, tampe a panela e espere 5min. Solte a quirera com um garfo, misture os queijos e sirva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *