Adicionar à minha lista

Pé de moça

Ana Bacellar

Já falei de Piranguinho, a cidade mineira que, de uns 80 anos pra cá, virou a capital do “pé-de-moleque”. As barracas que se espalham pela cidade, conhecidas pela cor – barraca amarela, barraca branca, barraca laranja e outras mais – vendem dois doces bem doces, mas que valem da primeira à última mordida: o pé-de-moleque de Piranguinho, puro amendoim torrado e moído engrossado com rapadura, e o pé-de-moça de Piranguinho.

Apesar do primeiro ser mais famoso e reinar na festa junina, quando os pés-de-molequeiros se unem e preparam o maior pé de moleque do mundo, o segundo tem fãs aos montes, e eu faço parte desse grupo.

A receita não é complicada, basta colocar numa panela o amendoim torrado e salgado e inteiro (ao contrário do pé-de-moleque deles, que é preparado com o amendoim moído) com açúcar e manteiga, mexer até dissolver e chegar ao ponto de caramelo, juntar o leite condensado e o chocolate em pó e mexer como se fosse brigadeiro pra enrolar, despejar numa assadeira untada, cortar logo que amornar e rolar no açúcar cristal.

Quem gosta de amendoim, de chocolate, de leite condensado e palha italiana vai adorar.

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de açúcar (150 g)
  • 2 xícaras (chá) de amendoim torrado, salgado e sem pele (250g)
  • 25 g de manteiga
  • 1/3 de xícara de chocolate em pó (40 g)
  • 1 lata de leite condensado (395 g)
  • 1 xícara (chá) de açúcar cristal (200g)
  • Manteiga pra untar

Preparo

Forre com um tapete de silicone, ou papel manteiga ou unte uma assadeira média, de uns 20 x 30 cm e reserve.

Numa panela média, misture o açúcar, o amendoim e a manteiga e aqueça. Mexa apenas até dissolver o açúcar e espere surgir um caramelo bem dourado. Junte o chocolate e o leite condensado e, sem parar de mexer, mantenha no fogo até chegar ao ponto de brigadeiro de enrolar, quer dizer, o doce brilha bastante, as bolhas ficam bem grandes e ele se solta e uma nata com pregas no fundo da panela.

Retire do fogo, despeje o doce na assadeira e deixe amornar por mais ou menos 1h, até firmar e amornar.

Corte em quadrados de uns 4 cm, role no açúcar cristal e guarde num pote fechado por até 3 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *