Adicionar à minha lista

Pato no tucupi do jeito da Helô

Feito com:
Ana Bacellar

Puro Pará, pura mesa de festa, pura delícia e puro requinte. Não é à toa que a receita está presente a quase todas as mesas paraenses durante a semana do Círio de Nazaré.

Usa-se o pato cortado em pedaços, muitas vezes com os miúdos, e quem não tem pato, faz a receita com frango ou até pirarucu ou tambaqui. Por aqui, há duas possibilidades, comprar um pato inteiro e cortar em pedaços, mas ele dá no máximo pra umas 4 pessoas, ou comprar pacotinhos de coxa com sobrecoxa, que eu prefiro tanto pelo sabor e pela textura, quanto pela praticidade e quantidade. Normalmente, cada pacotinho vem com 2 unidades, basta calcular 1 por pessoa e comprar umas 2 a mais pensando nos gulosos.

O caldo do tucupi e as folhas de jambu são realmente essenciais, não há nada que substitua, mas hoje também é possível de achar. Adoro o jambu e o tucupi da Manioca, super equilibrado e delicioso, os dois de excelente qualidade e sempre encontrados no box Atá-Norte, no Mercado de Pinheiros, ou no empório Poitara (tel 11973105024).

O tucupi, caldo preparado a partir da mandioca, tem uma acidez deliciosa, mas é comum quebrar um pouco dessa acidez com um tanto de açúcar mascavo.
Pra acompanhar, nada como farinha de mandioca comum ou d’água.

Acredite, o molho é escandalosamente bom e o pato fica delicioso e macio.
Quanto ao rendimento, é importante pensar que calculei uma coxa com sobrecoxa por pessoa, que com a farinha seria o prato principal, mas é importante ter uma entrada e uma salada pra completar a refeição.

Ingredientes

  • 1 pato de uns 2,5 Kg em pedaços (ou 6 coxas grandes com as sobrecoxas)
  • 3 dentes de alho esmagados
  • Suco de 1 limão
  • 1 colher (sopa) de colorau
  • 2 cebolas grandes em rodelas finas (360 g)
  • 4 ramos de coentro
  • 4 ramos de alfavaca
  • 1 litro de tucupi
  • 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo (ou a gosto)
  • 200 g de folhas de jambu (fresco e aferventado por 1 minutos ou congelado e branqueado)
  • 2 pimentas-de-cheiro (ou a gosto)
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • Óleo vegetal

Preparo

Pato – Se quiser deixar as coxas de pato com aparência mais delicada, corte as pontas dos ossos usando uma faca pesada de chef e dando um corte firme, mas isso não é obrigatório.

Tempere os pedaços de pato com 2 dentes de alho, sal, pimenta-do-reino, o suco de limão e o colorau, cubra e deixe repousar na geladeira por pelo menos 8h ou até por 24h.

Aqueça o forno a 160ºC (médio).

Numa panela grande, e que possa ir ao forno, aqueça um fio de óleo e refogue a cebola e o alho restante. Quando eles começarem a dourar, junte os pedaços de pato e deixe dourar de um lado e depois do outro.

Coloque metade do coentro e da alfavaca por cima do pato, regue com 1 xícara (chá) de água, cubra a panela e leve ao forno por mais ou menos 1h e 15min, até que a carne esteja muito macia.

Volte com a panela pro fogo, junte o tucupi, o açúcar e deixe ferver por uns 30min, até se formar um molho saboroso.

Junte o jambu, deixe ferver por mais 5min, acerte o sal, acrescente as ervas restantes e transfira pra uma sopeira.

Sirva em seguida com molho de pimenta e farinha d’água.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *