Adicionar à minha lista

Pão sueco

Ana Bacellar

Acho que mordi um pão sueco pela primeira vez por volta de 1977. Eu me lembro perfeitamente de abrir o pacote da Pinheirense e de sentir a textura crocante e o sabor integral, totalmente diferentes das bolachas comuns daquele tempo. Sempre que podia, comprava um pacote e comia de pedacinho em pedacinho com manteiga que eu mesmo batia na fazenda ou com ricota e mel.

Perdi a conta das vezes que, nos tempos de faculdade, saía voando da aula pro trabalho comendo pão sueco puro pelo caminho.

Até hoje, de vez em quando, compro o da Pinheirense, que continuo achando excelente, tanto o tradicional, como o com kümmel (alcarávia), mas como gosto de preparar tudo em casa, sempre faço as minhas fornadas. Estudei, testei e aprimorei muito a receita até chegar ao pão sueco que eu tanto gosto.

Às vezes, preparo a massa simples e fico com o tradicional, outras vezes acrescento só linhaça, ou painço, ou gergelim claro ou escuro, ou sementes de cominho ou de erva-doce ou divido a massa em partes e preparo um pouco de cada sabor.

Vai bem a qualquer hora, simples de preparar, saudável e, ainda por cima, é muito mais barato fazer em casa.

Ingredientes

  • 2 e ¼ de xícara (chá) de farinha de trigo integral (aproximadamente 270 g)
  • ½ colher (sopa) de sal
  • 1 pitada de bicarbonato de sódio
  • 50 g de manteiga derretida
  • 1 xícara (chá) de iogurte natural (230 g, normalmente 1 e 1/3 de copinho)

Opcional

  • 3 colheres (sopa) de semente linhaça ou painço ou gergelins claro e escuro ou 2 colheres (chá) de sementes de cominho ou de erva-doce
  • Farinha de trigo pra polvilhar

Preparo

Numa tigela média, misture a farinha, o sal e o bicarbonato. Junte a manteiga e o iogurte e trabalhe até obter uma massa macia que se solte das mãos.

Nessa hora, se quiser aromatizar ou juntar sementes à massa, misture o que quiser (se preferir, divida a massa em 2 ou 3 partes e prepare cada uma delas com 1 semente diferente).

Envolva a massa em filme plástico e deixe repousar de 1 até 3h na geladeira.

Depois do descanso, aqueça o forno a 200ºC (médio-alto) e separe as assadeiras grandes que tiver, não é preciso untar (como a massa é suficiente para forrar umas 6 assadeiras e quase ninguém tem tudo isso em casa, a saída é assar uma fornada, deixar a assadeira esfriar um pouco, depois assar outras, até terminar a massa).

Polvilhe ligeiramente uma superfície com farinha e, com um rolo, abra a massa em retângulos bem finos, como casca fina de banana. Se estiver usando sementes, o ideal será sentir que o rolo começa a quebrar os grãos.

Com uma faca afiada ou uma carretilha, divida em pedaços no formato que desejar – quadrados, retângulos, tiras compridas, triângulos – e passe pras assadeiras. Se quiser, asse placas maiores e, depois de assar, quebre o pão em pedaços irregulares.

Asse o pão sueco por uns 15min, até que esteja crocante, ligeiramente dourado e se soltando da assadeira.

Retire do forno, deixe esfriar e guarde num pote bem fechado por até 1 semana.

8 Comentários

  1. 1
  2. 3

    A muito tempo procuro uma receita de pão sueco,qdo li seu comentário vi logo que seria a receita certa, temos o mesmo gosto e sensações. Já fiz e ficaram deliciosos, era tudo que eu queria, Bjão e obrigada.

  3. 5
    • 6

      Oi, Camila! Uma pitada é o termo utilizado pra descrever a quantidade que se pega com a ponta dos dedos, algo sempre pequeno mesmo. Quanto a função do bicarbonato, é de dar leve crescida que favorece a crocância do pão sueco, assim como de outros biscoitos como crackers. Espero ter ajudado! bjs

  4. 7

    Mulher, eu aaamoooo o pao sueco da Pinheirense, e toda a minha familia tb…minha mae apelidava de “bolacha de cachorro” . Ja até telefonei pra eles pedindo pra fazerem mais bolachas grossas (pq algumas hj em dia vem finas), e aí me disseram q as pessoas costumam reclamar qdo vem as grossas
    Vou fazer sua receita, e ja to mandando pras minhas irmãs;). Agora me diga (e desculpe se vc postou e eu nao vi): por acado vc sabe fazer o pão integral deles? Eu estava justamente procurando isso quando achei esse post seu. Eu gosto dela na torradeira, quando fica tostadonha por fora mas ainda umida por dentro, com manteiga q derrete quentinha
    Brigada!!!!!
    Abç!
    Fabiana

    • 8

      Fabiana, boa noite!!
      A gente amou a sua mensagem, muito gostosa e divertida. Você realmente entendeu o espírito do post! Pão sueco da Pinheirense tem um sabor inesquecível … Claro que esse sabor que a gente guarda bem no fundo da memória não é muito fácil de resgatar, ele tem sempre algo de diferente que é irreplicável, mas o que vale é tentar.
      A receita é bem gostosa, acaba num minuto. Depois conte pra gente! Ah, você e a suas irmãs PRECISAM experimentar o pão crocante finlandês, é sensacional! no texto tem a história dele, como aprendi etc e tal …
      Quanto ao pão: igual pra valer ainda não consegui, mas vale tentar algumas receitas que já há no site, bem boas pra quem ama pão integral. o dinamarquês é demais, tem o com castanhas e o macio.
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *