Adicionar à minha lista

Pão macio de fubá

Ana Bacellar

Quem gosta de milho vai se encantar com a receita, que dá um pão bem amarelado, com a textura rústica e o sabor delicioso do fubá. Eu não resisto a uma fatia dele com manteiga, requeijão, geléia, mel ou melaço de cana.

Fresco, tanto no dia em que foi assado, como por até 2 ou 3 dias, o pão é delicioso e, quando começa a secar e vira torrada, ele também fica incrível (em casa, quando o pão começa a secar ele já se transforma em pão na chapa, ou recebe pinceladas de manteiga derretida e vai ao forno pra virar torrada e até farinha de rosca, ou é esfarelado pra entrar em receitas que pedem crostas).

A receita é simples de preparar e o pão cai bem no café da manhã ou lanche, acompanha refeições e também fica ótimo fatiado na hora dos aperitivos.

Como o fubá não tem glúten, a farinha de trigo entra na receita pra deixar o pão macio.

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de água morna (240 ml)
  • ¼ de xícara (chá) de açúcar mascavo (50 g)
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco
  • 2 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo (300 g)
  • 1 e ½ xícaras (chá) de fubá (240 g)
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 1 ovo
  • ½ xícara (chá) de óleo vegetal (120 ml)
  • Fubá pra polvilhar

Preparo

Numa tigela, misture a água, o açúcar, o fermento e ½ xícara (chá) de farinha de trigo e deixe repousar por 10min, até surgirem bolhas.

Junte o restante da farinha, o fubá, o sal, o ovo e o óleo e trabalhe até conseguir uma massa bem macia, ainda molenga, mas que descole das mãos (se necessário, junte mais um pouquinho de fubá).

Deixe crescer por umas 2h, até dobrar de volume.

Abra um retângulo de massa achatando com a palma das mãos e enrole como cilindro. Coloque sobre uma assadeira untada com óleo e deixe repousar por mais 1h.

Aqueça o forno a 180ºC (médio-alto).

Leve o pão ao forno por 10min, diminua a temperatura pra 160º (médio) e continue assando por mais uns 30min, até conseguir um pão firme, crescido e bem dourado.

Retire do forno e deixe amornar antes de servir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *