Adicionar à minha lista

Palitos franceses

Ana Bacellar

Na casa da minha avó Dina, sempre havia um pote cheio de palitos franceses, uns biscoitinhos claros, cobertos por uma camada crocante e quebradiça de açúcar cristal. Pra mim, eles têm aquele gosto inesquecível de infância, minhas filhas adoram e meu pai, nem se fala. A Nair de Jesus, que cresceu na casa dela, aprendeu a receita e continua preparando uns bons tantos para o meu pai, que devora o pote inteiro em pouco tempo.

O bicarbonato de amônio, que antigamente era conhecido por sal de amoníaco, é fundamental pro sucesso da receita e pode ser encontrado em farmácias de manipulação ou na Bombay Especiarias.

A receita não é difícil, só é preciso pegar o jeito de transferir as tirinhas de massa da bancada de trabalho pra assadeira sem esticar e distorcer os palitos (mas mesmo disformes e irregulares eles continuam deliciosos. Ela também rende muito, dá pra encher uns dois potes, mas não se iluda, eles se esvaziarão em pouco tempo, é difícil resistir e comer só uns dois ou três.

Os biscoitos são leves e se parecem bastantes com os biscoitos champagne, que entram em várias receitas como base de doces em camadas, como os pavês e outras sobremesas geladas ou congeladas.

Ingredientes

  • 1 xícara de açúcar comum (150 g)
  • 1 e ½ colher (chá) de bicarbonato de amônio (7 g)
  • 25 g de manteiga em temperatura ambiente, bem macia
  • 1 ovo
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha (10 ml)
  • 1 xícara (chá) de leite (240 ml)
  • 4 xícaras de farinha de trigo (aproximadamente 500 g)
  • 1 clara pra pincelar
  • 1 e ½ xícara de açúcar cristal (200 g)
  • Manteiga pra untar
  • Farinha de trigo pra polvilhar

Preparo

Numa tigela grande, misture com uma espátula o açúcar, o bicarbonato de amônio, a manteiga, o ovo, a baunilha e o leite até conseguir um creme homogêneo.

Aos poucos, junte a farinha e trabalhe até obter uma massa bem macia e trabalhe até que se solte das mãos.

Aqueça o forno a 180ºC (médio-alto) e unte com manteiga umas 2 assadeiras grandes.

Polvilhe uma superfície com farinha e abra metade da massa com um rolo também polvilhado com farinha até conseguir um retângulo de uns 25 x 40 cm, com uns 3 mm de espessura, como uma casca de banana.

Pincele a massa com a clara e cubra a superfície com uma camada não muito fina de açúcar de confeiteiro.

Polvilhe a lâmina de uma faca afiada com farinha e corte a massa em tiras de no máximo 1 cm de largura e, em seguida, divida as tiras em palitos de uns 5 cm de comprimento (se a lâmina da faca começar a grudar, é só limpar e recomeçar), depois faça o mesmo com a massa restante.

Pra facilitar a operação de transferir os palitos da bancada pra assadeira, descobri que o mais simples é usar a lâmina da faca ou uma espátula pra pegar umas 10 tirinhas de uma vez e, já na assadeira, separar todas elas com delicadeza, deixando uns 2 cm livres entre elas, pois estufam um pouco e podem grudar umas nas outras no forno.

Asse os biscoitos por 8 a 10min, até que estejam dourados nas bordas e só ligeiramente dourados na parte de cima (se ficarem claros demais, o açúcar não começa a caramelizar e o biscoito ficará tanto saboroso e crocante).

Retire as assadeiras do forno, aguarde 1min e, com uma espátula, solte e retire dos biscoitos da assadeira.

Espere esfriar e guarde os biscoitos em potes fechados por até 1 semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *