Adicionar à minha lista

Palha italiana

Ana Bacellar

Confesso que nunca havia dado bola pra esse docinho, nem sabia exatamente do que se tratava. De tanto a Ana, minha filha mais nova, falar que amava palha italiana e que a gente precisava encontrar uma receita incrível, fui experimentar e, como não poderia deixar de ser, eu também me rendi aos seus encantos.

Dando um simples Google, percebe-se que a maioria das receitas não passa de brigadeiro com bolacha maisena esmigalhada cortado em quadrados e rolado no açúcar e não em chocolate granulado.

Nós duas fizemos algumas delas, todas gostosas, mas quase iguais e nada de fora de série, até que encontramos uma que dizia pra acrescentar um pouco de creme de leite no início e aí virou uma palha cremosa e saborosa.

O chocolate em pó depende de cada um, quem prefere o sabor mais intenso pode usar cacau em pó (eu gosto assim) e os que gostam do chocolate mais leve devem ficar com o chocolate em pó comum, como o do padre da Nestlé.

O ponto certo do brigadeiro é o x da questão, precisa ser firme pra cortar, mas sem endurecer demais e ficar puxa-puxa. A bolacha entra quando o brigadeiro está pronto e sai do fogo. Então, a mistura vai pra uma superfície untada com manteiga ou forrada com um tapete de silicone e geladeira por umas 3h pra firmar bem antes de cortar.

Os quadrados nunca serão perfeitos, mas devem ser quadrados, ainda que meio tortinhos, só não dá pra ser quadrado desmontando de mole ou esticado demais.

Depois de cortados, é só rolar as plaquinhas no açúcar de confeiteiro e servir.

Quanto ao nome, o brigadeiro é nosso, mas a mistura chocolate cremoso e bolacha esmigalhada, às vezes amêndoas picadas, lembra o clássico salame de chocolate italiano, que tem um crocante meio palha, quer dizer, há algum sentido no nome. O sucesso é certo, pois uma receita some num estalar de dedos.

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado (395 g)
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite espesso (de lata ou de caixinha) – (50 g)
  • ¼ de xícara (chá) de chocolate em pó (30 g)
  • 25 g de manteiga
  • 150 g bolacha maisena esmigalhada, mas não totalmente esfarelada
  • Manteiga pra untar
  • Açúcar de confeiteiro pra rolar os docinhos

Preparo

Forre uma assadeira com papel manteiga untado com manteiga ou com um tapete de silicone, reserve.

Numa panela média e de fundo grosso, aqueça e misture o leite condensado, o creme de leite, o chocolate e a manteiga. Sempre mexendo pra não grudar, nem queimar no fundo, e tomando cuidado pra não se queimar, pois o doce ele espirra bastante e é muito quente, cozinhe por uns 20min, até o creme encorpar, escurecer, ganhar um brilho diferente e descolar de uma vez da panela, fazendo umas pregas e deixando no fundo só uma crostinha bem fina.

Retire do fogo, misture a bolacha esmigalhada e despeje tudo na assadeira já preparada.

Naturalmente, o creme se espalhará ficando com mais ou menos 1,5cm de espessura, mas tente acertar as laterais com uma espátula de silicone pra conseguir um formato uniforme e fácil de dividir em quadrados. Leve a assadeira à geladeira por umas 3h pra firmar.

Coloque o açúcar de confeiteiro num prato fundo, reserve.

Retire a assadeira da geladeira, solte a placa de doce e, com uma faca afiada, divida em quadrados de uns 3cm.

Role os quadrados no açúcar de confeiteiro, coloque num prato e sirva.

Guarde os docinhos num pote fechado por até 3 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *