Adicionar à minha lista

Ovos queimados

Ana Bacellar

É uma receita bem de antigamente, no estilo manjar dos deuses dos mais doces, daqueles que os amantes das sobremesas portuguesas adoram.

Duas tias, uma do meu marido e uma irmã da minha avó, mãe do meu pai, faziam uma ambrosia que chamavam de “ovos queimados”, pois cozinhavam numa calda de açúcar no ponto em que começa a deixar de ser transparente, mas antes de caramelizar (antes de virar calda pra forrar fôrma de pudim) e aromatizavam com vinho do Porto.

O doce que faz vista, parece até complicado, mas é muito fácil e rápido. Dá pra servir morno ou frio. A canela dá o toque final.

Ingredientes

  • ½ xícara (chá) de água (120 ml)
  • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar (225 g)
  • 1 colher (chá) de suco de limão
  • 3 ovos ligeiramente batidos com um garfo
  • 2 colheres (sopa) de vinho do Porto (30 ml)
  • 2 colheres (sopa) de leite (30 ml)
  • Canela em pó pra polvilhar

Preparo

Numa panela média, aqueça a água, o açúcar e o limão, mexendo só até dissolver. Quando a calda começar a amarelar nas bordas da panela, junte os ovos e dê só umas mexidas pra separar em pedaços grandes, sem esmigalhar.

Deixe ferver por no máximo 1min pra evitar que os ovos endureçam, e, com uma escumadeira, transfira só os pedaços de ovo pra uma compoteira, mantendo a calda na panela.

Acrescente o vinho do Porto e o leite à calda deixe ferver por uns 2min pra engrossar um tiquinho e despeje sobre os ovos.

Deixe esfriar, guarde na geladeira por até uma semana e polvilhe com canela na hora de servir.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *