Adicionar à minha lista

Muffin pra todo dia

Ana Bacellar

Não é segredo que eu adoro um bolo caseiro e simples, que pode até ter uma caldinha, mas não necessariamente precisa ter qualquer outra coisa além da massa saborosa e bem assada, macia por dentro e dourada por fora. Pra um momento especial, ou pra quando apenas bate a vontade, gosto de comer uma fatia de um bolo com recheio e cobertura, mas costumo preferir o bolo simplesmente bolo.

Aqui no Brasil, muita gente faz bolo em casa, e quem não faz acaba comprando algum por aí, nem que seja uma fatia da padaria da esquina, ou até de uma banca pela rua. Nos Estados Unidos, a mesma coisa acontece com os muffins, aqueles bolinhos também de massa simples, sem cremes e sem coberturas, que costumam ser assados e servidos nas formas de papel e encontrados em qualquer café, padaria, confeitaria e mercado.

O fato é que, nos dois cantos, o bolo e o bolinho fazem parte da vida das pessoas e acompanham o café, o chá e o leite, tanto logo cedo, como na hora do lanche ou quando bate a fome.

É claro que, aqui e lá, há bolos e muffins sofríveis, secos ou pesados, sem gosto algum ou com aromatizantes fortes e artificiais, há os básicos bem comuns e há os incrivelmente tentadores, perfumados, gostosos e com texturas e contrastes que são tudo de bom e fazem a diferença nessa vida.

Os nossos bolos, mesmo quando pequenos, médios ou grandes, são sempre pra dividir e servir em fatias ou em pedaços. Já os muffins são sempre individuais, cada um come o seu, ainda que seja bem miúdo, pra 1 ou 2 mordidas, médio, pra umas 3 ou 4, ou grande, pra umas 5 ou 6.

E são esses tamanhos que deixam uma fatia de bolo diferente de um bolinho: o bolo e o muffin são dourados e com casquinha nas bordas, mas as fatias ficam com a superfície e a base douradas e as laterais macias pelos cortes, enquanto os muffins têm muito mais superfície dourada e com crosta envolvendo miolo macio.

Quanto à massa, eu entendo que os muffins seriam bolinhos com massas mais simples de preparar, com receitas que pedem pra misturar os secos, incorporar os líquidos, colocar nas formas e assar. As receitas de muffin não costumam pedir pra bater manteiga ou claras em neve, costumam ser só de misturar.

Outra característica interessante de muitas massas de muffin é o fato de poderem ficar misturadas na geladeira de véspera, só pra assar de meia hora a quarenta minutos antes de servir. Praticidade total e certeza de um bolinho quente pra começar bem o dia.

Também há quem diga que as massas dos muffins, além de leves, não costumam ser muito doces, mas nem sempre concordo, pois muitas das receitas de muffin têm exatamente as mesmas proporções de açúcar dos nossos bolos, dá quase sempre na mesma.

Na verdade, quando a gente começa a observar os muffins por aí, dá pra perceber que há receitas com uma massa básica clara que pode ser aromatizada só com baunilha, ou com canela ou gengibre, e que pode ficar simplesmente clara, ou pode levar pedaços de frutas frescas, desidratadas ou castanhas; ou pode ser uma massa com chocolate básica com ou sem pedacinhos de chocolate; ou pode ser uma massa com grãos com ou sem frutas ou castanhas. Antes de assar, muitas receitas pedem pra espalhar uma farofa de manteiga, açúcar e especiarias por cima (eu amo).

Aí vem a pergunta inevitável: se muffin é um bolinho pequeno, ele é igual a um cupcake? Não mesmo! Cupcakes também são bolinhos pequenos, só que não são nada simples, muito pelo contrário, tanto quanto às massas, que costumam ser mais amanteigadas e quanto aos recheios e coberturas (é claro que existem alguns cupcakes gostosos e equilibrados, mas a maioria é tão colorida e cheia de confeitos, às vezes com tantos exageros, que eu acho que chegam a ser mirabolantes). Os muffins são o oposto, são bolinhos e pronto.

O muffin que vai aqui é o mais simples de todos, e nem por isso é sem graça. Os ingredientes são básicos, daqueles que quase todo mundo tem em casa, como farinha, fermento químico, sal, açúcar, canela, ovo, leite, óleo e baunilha (usei baunilha, mas dá pra usar outras – veja o post essências incríveis – ou raspas de cítricos). Pra conseguir um muffin de frutas, basta preparar a massa básica e acrescentar entre ½ e ¾ de xícara (chá) de frutas (se forem miúdas como mirtilo use ½ xícara, se forem mais pedaçudas, como cubos de pêssego ou rodelas de banana, chegue a ¾ de xícara). Se forem frutas secas ou desidratadas, use 1/3 de xícara.

Se decidir usar forminhas de papel e descartáveis especiais pra muffins (aqui chamadas de forminhas pra cupcakes grandes), separe uma assadeira de metal com cavidades e coloque uma forminha em cada uma, assim a massa não pesa e não derrama. Se preferir, use as formas pra muffin de silicone ou de metal untadas com manteiga e polvilhadas com farinha, ou use desmoldante.

A massa vai até uns ¾ da forminha, não mais, pois ela cresce no forno e dá o formato tradicional ao muffin.
Pensei numa receita que rende 8 muffins médios, quantidade compatível com o dia a dia, mas dá pra dividir a massa pela metade e conseguir só 4, ou dobrar pra fazer 16.

Gosto tanto que a gente teve até uma cachorrinha inglesa que era “Muffin” (a irmã era “Cookie”).

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo (120 g)
  • ¼ de colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de fermento químico
  • ½ xícara (chá) de açúcar (75 g)
  • ¼ de colher (chá) de canela em pó
  • ½ xícara (chá) de leite (120 ml)
  • ½ xícara (chá) de óleo (120 ml)
  • 2 ovos
  • 2 colheres (chá) de essência natural de baunilha (essências incríveis)
  • 8 forminhas de papel manteiga pra muffins ou cupcakes médios (ou forminhas de silicone ou antiaderentes especiais pra muffin untadas com manteiga e polvilhadas com farinha ou com spray desmoldante)

Preparo

Aqueça o forno a 180ºC (médio-alto).

Separe 8 forminhas de papel manteiga pra muffins ou cupcakes médios ou forminhas de silicone ou antiaderentes especiais pra muffins e unte com manteiga e polvilhe com farinha ou com spray desmoldante.

Coloque as forminhas de papel dentro de uma assadeira especial pra muffins pra evitar que a massa pese, tudo se desmonte e dê errado.

Pra massa, coloque numa tigela média a farinha, o sal, fermento, o açúcar, a canela e misture com um batedor de arame.

Junte o leite, o óleo, os ovos e a baunilha e misture até conseguir uma massa lisa e encorpada.

Divida a massa entre as forminhas (preencha até no máximo 3/4 da altura pra não transbordar).

Asse os muffins por 18 a 20min, até que estejam bem perfumados, crescidos, firmes e dourados (enfiando um palito no centro ele deverá sair limpo).

Retire a assadeira do forno, aguarde 5min e, com cuidado, retire os muffins da assadeira.

Sirva os muffins quentinhos, mornos ou frios na própria forminha de papel, pois cada um descartará a sua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *