Adicionar à minha lista

Manteiga de café

Feito com:
Ana Bacellar

Não é de hoje que eu adoro manteigas aromatizadas. Eu lembro de uma aula no Atelier Gourmand, acho que ainda em 1999, em que ensinei a preparar manteigas salgadas e doces e todos se encantaram.

Quando escrevi o meu primeiro livro, o Cozinhando para amigos, 2005, inclui algumas dessas manteigas num dos capítulos. Eram manteigas com morango, damasco, laranja, figos secos, tomate, além da tradicional com ervas e alho.

Num dia em que estava pensando num café da manhã com muito café, perfeito pra quem ama e só “acorda” com a primeira xícara, preparei umas panquecas de café deliciosas. Servi as panquecas com nata, mas também experimentei com manteiga e ricota e fiquei feliz.

Só que logo me lembrei das manteigas aromatizadas e pensei em fazer uma de café. Dei umas pesquisadas e fui testar decidida a chegar a um sabor intenso de café, mas com delicadeza e doçura. Experimentei juntar açúcar e café coado reduzido no fogo à manteiga, mas achei que ficou forte e faltava alguma coisa. Num outro teste, misturei café e leite, mas senti que, embora o leite suavizasse o café, a quantidade de café coado diminuía, já que não dava pra ter líquido demais.

Pra conseguir mais sabor de café, mas de um jeito suave, resolvi aquecer um pouco de creme de leite fresco com açúcar e café em pó, mais concentrado que o coado, deixei ferver, depois passei por uma peneira fina e consegui uma base perfeita. Quando essa base esfriou, juntei a manteiga com um pouco de flor de sal pra deixar tudo mais instigante, bati com a batedeira pra dar leveza e pronto.

O creme de leite tem que ser fresco, pois precisa ferver e os de caixinha e de lata não funcionam. Se for impossível usar o creme fresco, faça com leite, mas deixe reduzir pela metade pra engrossar e dar ponto na manteiga.

Pra conseguir uma manteiga realmente homogênea, é fundamental que ela esteja bem cremosa, em temperatura ambiente. A mistura de café também tem que estar em temperatura ambiente no momento da mistura com a manteiga, pois se estiver morna ou quente ela fará com que a manteiga derreta, e fria ela não se misturará direito.

A manteiga vai bem com pão, torradas e com as panquecas de café.

Ingredientes

  • 100 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • ½ colher (chá) de flor de sal
  • ¼ de xícara (chá) de creme de leite fresco (ou leite, 60 ml)
  • 1/3 de xícara (chá) de mel (100 g)
  • 1 colher (sopa) de café em pó (15 g)

Preparo

Coloque a manteiga e o sal numa tigela média e reserve.

Numa panelinha, aqueça o creme de leite com o mel e o café. Deixe ferver por 1min e retire do fogo.

Passe por um coador fino deixando cair numa tigela pequena. Deixe amornar por uns 15min.

Junte a mistura de café à manteiga e, com a batedeira, bata até obter uma creme bem macio.

Corte um quadrado de filme plástico. Espalhe um retângulo de uns 15 cm de manteiga no centro do filme. Dobre as bordas livres pra embrulhar e fechar bem, torça as pontas e gire pra tentar conseguir um cilindro.

Apoie o cilindro sobre um prato e leve à geladeira por umas 2h pra firmar (se quiser, deixe por até 1 semana na geladeira).

Na hora de servir, desembrulhe e coloque sobre um pratinho.

Se quiser, decore com grãos de café e, também, corte em rodelas de 0,5 cm.

Sirva com pão ou com as panquecas de café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *