Adicionar à minha lista

Laranjinhas kinkan em calda e cristalizadas

Ana Bacellar

Não dá pra não se encantar com uma compoteira cheia de laranjinhas kinkan mergulhadas numa calda de açúcar perfumada com cravo e canela. Mas elas também ficam lindas e deliciosas cristalizadas, ainda mais quando a gente consegue manter algumas folhas nos cabinhos. Tenho um pé de laranjinhas em casa e eu não me canso de olhar quando elas amadurecem e a árvore fica com jeito de árvore de Natal de bolinhas alaranjadas. Mas como o pé fica num vaso, a colheita nunca é grande e acabo comprando mais pra fazer um bom tanto.

Só que como a laranjeira fica num vaso e a colheita é pequena, faço mini quantidades com de doce com elas e acabo comprando um tanto pra fazer mais compotas. As laranjinhas caseiras e acabo comprando umas bandejas pra fazer um pouco mais. e não dá pra fazer muito doce. Tenho que comprar quando quero fazer bastante. Mas elas também ficam lindas e deliciosas cristalizadas, ainda mais quando a gente consegue manter algumas folhas nos cabinhos.

Por isso, costumo deixar uma parte do doce em calda, pra comer com queijo, com sorvete ou acompanhando carnes, já que o leve amarguinho da casca combina com carnes de porco, cordeiro e pato. Mas separo um tanto das laranjinhas prontas, escorro e reservo a calda, coloco as laranjinhas numa grade e deixo secar num canto perto de uma janela com um pouco de sol por uns dias, pincelando todo dia com uma camada de calda, até que elas secam e cristalizam.

Como são miúdas, vão inteiras, com casca e sementes pra calda e cozinham até ficarem macias, perfumadas e com a calda brilhante.

Há dois pulos do gato pra conseguir um doce bonito, saboroso e amargo na medida certa: furar as laranjinhas com um palito antes de cozinhar pra evitar que estourem e a calda penetre melhor na polpa; aferventar as laranjinhas em água, descartar a água por umas 3 vezes pra descartar o excedente do amargo antes de colocar na panela com a calda.

Usei canela, cravo e anis porque acho que o trio combina com laranja, mas use o que gostar.

A receita é simples, por isso acho que vale a pena comprar uns quilos na época das laranjinhas, fazer bastante doce, colocar em potes pequenos e ir dando de presente durante o ano: um mimo e tanto.

Ingredientes

  • 1 litro de água
  • 5 xícaras (chá) de açúcar (750 g)
  • 1 pedaço grande de canela em pau
  • 4 cravos-da-índia
  • 1 estrela de anis
  • 1 kg de laranjinhas Kinkan inteiras e bem lavadas (pra deixar o doce ainda mais lindo, deixe os cabinhos e algumas folhas)

Preparo

Numa panela média, aqueça a água, o açúcar, a canela, o cravo e o anis,
mexa só até dissolver e deixe ferver por 5min, até virar uma calda rala.

Enquanto isso, com um palito ou um garfo, perfure cada laranjinha em alguns
pontos para a calda penetrar e ela não estourar.

Coloque as laranjinhas numa outra panela com água, aqueça, espere levantar fervura, escorra e descarte a água, cubra as laranjinhas com água limpa, ferva de novo e escorra. Passe as laranjinhas pra panela da calda e cozinhe em fogo baixo por uns 40min, até que estejam macias e doces.

Retire do fogo, espere amornar, passe para uma compoteira bem limpa e seca e guarde na geladeira por até 1 semana (ou coloque em vidros esterilizados, tampe, ferva nos potes e guarde por alguns meses).

Se quiser cristalizar, escorra as laranjinhas da calda, reserve a calda.

Espalhe as laranjinhas sobre uma grade apoiada sobre uma assadeira (se não, a calda escorre e mela tudo…). Coloque ao lado de uma janela que pegue um pouco de sol e deixe secar por mais ou menos uma semana, pincelando todo dia com uma camada de calda (costumo cobrir à noite com uma tela fininha).

15 Comentários

  1. 1

    Gostei desta receita ,da laranjinha cristalizada : por quanto tempo ela se conserva, sem estragar ?
    Precisa guardar sob refrigeração ? Obrigada …

  2. 2
  3. 4
  4. 8
  5. 10

    Oi Helô tudo bem?
    Me fala uma coisa, pode ser feito com laranjas comuns? Digo isso porque comi na Itália, laranjas cristalizadas mas inteiras, beeeeeem lindas e saborosas, quase fiquei com do de comer, só que não, rs. E agora vendo sua receita lembrei das laranjas, será que dá certo? E qual laranja vc indicaria?
    Obrigado e parabéns pelo blog.

    • 11

      Oi, Marcelo! Fiquei muito curiosa ora ver essas laranjas inteiras, devem ser lindas. A não ser com a laranja da terra, que é diferente, nunca fiz doce de laranja grande, portanto teria q pesquisar. aAcho q a técnica deve ser diferente. Fiquei interessada e vou dar uma olhada! bjs

  6. 12
  7. 14
    • 15

      Beverly, boa noite!
      Conte pra gente como ficou o doce de laranjinhas!!
      Quanto às geleias, no site temos uma geleia de morango e uma geleia de jabuticaba, as duas com várias dicas.
      Ótima a sua sugestão, faremos mais geleias. Siga o Na Cozinha da Helô para acompanhar os novos posts.
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *