Adicionar à minha lista

Kimchi – Picles coreano de acelga

Ana Bacellar

Se tem uma coisa que não dá nem pra imaginar é comida coreana sem kimchi, a conserva picante bem no estilo picles que combina com quase tudo, todo coreano faz e sempre tem em casa.

Um bom kimchi não tem apenas gosto de pimenta, ele é saboroso, mistura o agridoce da fermentação com o açúcar e o salgado dos molhos de peixe e do shoyo, tem o aroma intenso do óleo de gergelim, o picante das pimentas em pó e fresca e a textura da acelga, do nabo e da cenoura com o verde perfumado da cebolinha.

Como acontece com toda conserva de geladeira, ele precisa descansar pra fermentar, mesclar os sabores, chegar ao gosto e à textura de kimchi, por isso, quem quer kimchi feito em casa, deve pensar no assunto e preparar a receita com pelo menos 15 e até com uns 30 dias antes de dar ares coreanos à mesa.

Eu gosto do picante e do aroma das pimentas e, durante os meus testes, comi pedaços deliciosos de kimchi ultra apimentadíssimo (sem exagero, verdade mesmo) que levavam até 4 colheres (sopa) de pimenta vermelha em pó pra meia acelga (uns 400 g), além da pimenta fresca, mas sei que o nosso paladar não está pra tanto.

Fiquei com três potes de kimchi tradicionais e com pequenas variações, com e sem cenoura, com e sem pimenta fresca, um com pedaços grandes e os outros com tiras largas de acelga, dois com o tempero bem líquido e um com o tempero engrossado e decidi usar cenoura, as tiras largas de acelga e a pimenta vermelha fresca, além de ficar com o molho mais encorpado, que não só é mais gostoso, como mais fácil de servir e de aproveitar até a última gota.

Pra engrossar o molho, troquei a farinha de arroz pela maizena, que se acha em qualquer mercadinho. Dei uma boa suavizada no kimchi e cheguei a uma conserva picante, sugerindo usar de ½ colher (sopa) a 1 colher (sopa) de pimenta vermelha em pó (ou mais) e de 1 a 3 pimentas vermelhas dedo-de-moça frescas.

Como eu também queria que aqueles que não colocam nadinha de nada de pimenta na boca pudessem experimentar essa receita especial e que dá harmonia à refeição coreana, parti pra novas experiências com pimentão vermelho, que tem cor, aroma e sabor, mas zero de picância, e com páprica doce, que é bem suave, e não é que ficou bom? É claro que essa versão estilizada de kimchi é totalmente diferente do original e, por purismo, nem kimchi seria, mas o que interessa é que ela resolve, ficou gostosa e conquistou muita gente que nem se aventurava a chegar perto da clássica (na relação de ingredientes, essas sugestões aparecem entre parênteses).

Adorei experimentar o arroz com kimchi da Maangchi, uma coreana incrível, que ensina receitas deliciosas: ela aquece bastante a conserva numa wok, junta arroz branco cozido, acerta os temperos, polvilha com gergelim e serve.

Uma última coisa: embora a receita fique gostosa com repolho comum, acho que com acelga o resultado é ainda melhor, ainda mais se for uma com bastante verde.

Ingredientes

  • 400 g de acelga com folhas bem esverdeadas (1/2 acelga)
  • 15 cm de nabo (150 g)
  • 1 cenoura grande (180 g)
  • 1 colher (sopa) de sal
  • ½ xícara (chá) de água (120 ml)
  • 1 colher (chá) de maizena
  • 1 colher (sopa) de açúcar mascavo (10 g)
  • 4 pimentas dedo-de-moça em cubinhos (ou 1/3 de xícara de chá de pimentão vermelho em cubinhos e 1 pimenta dedo-de-moça em cubinhos)
  • 2 dentes de alho ralados
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado
  • 1 colher (sopa) de nam pla (molho de peixe) – (15 ml)
  • 1 colher (sopa) de shoyu (15 ml)
  • 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim (30 ml)
  • 1 colher (sopa) de molho de pimenta vermelha (ou a gosto) – (15 ml)
  • 2 colheres (chá) de pimenta vermelha em pó (ou páprica doce)
  • 4 fios grandes de cebolinha
  • 1 colher (sopa) de gergelim claro torrado

Preparo

Corte a acelga em tiras de mais ou menos 1,5cm e o nabo e a cenoura em tirinhas finas.

Coloque tudo numa tigela, polvilhe com o sal, misture bem e deixe descansar por 1h.

Lave com água fria, coloque numa peneira e esprema com as mãos pra descartar o máximo de líquido e deixe escorrer por uns 15min.

Enquanto isso, aqueça a água com a maizena e, sempre mexendo, misture até ferver e engrossar, reserve.

Numa tigela grande, misture o açúcar, a pimenta fresca, o alho, gengibre, nam pla, shoyu, óleo de gergelim, molho de pimenta e a pimenta em pó e, por fim, junte o engrossado de maizena.

Misture a acelga com o nabo e a cenoura e a cebolinha picada, coloque num pote com tampa e deixe repousar por pelo menos 15 dias antes de servir.

Na hora de servir, coloque o kimchi numa tigela e polvilhe com o gergelim.

16 Comentários

  1. 1
  2. 3

    Boa noite Helô! Fiz hoje esse Kimchi. Ficou maravilhoso, já comi hoje mesmo com frango agridoce. Resolvi agora a noite temperar uma salada com o Kimchi e amei. Me senti dentro de uma mini série coreana da Netflix. Agradecida por ter passado essa receita deliciosa.❤

  3. 5
  4. 7
  5. 9
  6. 11
  7. 13
  8. 14

    Oi Helô, Boa noite. Sobre o nem pla não sei onde encontrar. Você mesma cozinha o peixe? Sou péssima de cozinha mas amei o sabor quando comi em um restaurante e queria comer novamente feito por mim

  9. 15

    Brasileiro adora enfeitar o que não precisa, né!? Sugiro que façam a receita tradicional do kimchi que tem no canal que você mesma citou, da Maangchi. Com pimenfa em FLOCOS, não em pó e sem deixar a cenoura e o nabo de molho no sal junto com a acelga. Faço o kimchi tradicional a tempos e me deixa triste ver essa receita maravilhosa sendo adaptada por aqui.

    • 16

      Oi, Tifani! Decidi fazer uma versão realmente muito leve simplesmente porque muita gente me dizia que havia experimentado, conseguiu entender que era um elemento importante da refeição, mas que era picante demais. Eu, pessoalmente, amo pimenta, já comi kimchi em coreanos super tradicionais e adorei, mas nem todas as pessoas conseguem se adaptar. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *