Adicionar à minha lista

Galeto al primo canto na brasa

Passeando pela Serra Gaúcha, é quase que obrigação parar numa galeteria e pedir um galeto al primo canto na brasa, o frango de leite na idade em que daria o seu primeiro canto assado e saborosíssimo. O costume nasceu nas colônias italianas, que preparavam passarinhadas em comemorações, mas com as mudanças de hábitos, deixaram os passarinhos de lado e começaram a preparar galetos do mesmo jeito.

Os galetos, abertos pelas costas e achatados pra que assem por igual, devem ser temperados de véspera em alho, cebola, manjericão ou manjerona, sálvia, salsa, cebolinha, sal, pimenta e vinho branco, só assim ficam bem saborosos e suculentos. 1h antes de servir, os galetos vão pra churrasqueira e assam até ficarem macios e suculentos por dentro e com a pele crocantes e dourada por fora.

Pra preparar o galeto em casa, é realmente necessário ter um braseiro, mas não é preciso ter uma super churrasqueira com espetos giratórios como as galeterias, pode ser uma churrasqueira portátil com uma grelha. Em casa, fiz na grelha e o resultado foi ótimo. O importante, como sempre em qualquer churrasco, é acender o fogo com uns 45min de antecedência e esperar o carvão ficar em brasa antes de colocar qualquer coisa pra assar.

Carvão em brasa, está na hora de colocar os galetos pra assar, ou nos espetos, ou sobre a grelha. Se for usar espeto, escolha espetos duplos, que seguram bem os galetos inteiros, e cada espeto costuma receber 2 galetos. Pra colocar o galeto no espeto, comece espetando pelas laterais das coxinhas, siga passando por baixo das sobrecoxas, fure as asas e saindo pelo peito.

Se for na grelha, comece colocando os galetos com a parte dos ossos em contato com a grelha e a parte do peito pra cima, deixe assar nessa posição por 30min, então vire para assar com o peito pra baixo por mais 30min. Se usar espetos, vire de 15 em 15min. Tanto pra espeto, quanto pra grelha, vale a mesma altura média do braseiro, quer dizer, assar devagar com calor moderado, pois se for forte o galeto ficará muito dourado por fora e ainda estará cru por dentro.

Ao final desse tempo, os galetos deverão estar bem assados, com a carne macia e bem dourados, mas não ressecados. Pra testar, basta espetar com a lâmina de uma faca a parte mais grossa da coxa e verificar se sucos sobem claros (se ainda estiverem rosados, mantenha na brasa por mais uns minutos) e, também, as coxas deverão se movimentar com facilidade.

Com acompanhamentos, como polenta frita ou cremosa, ou massa com manteiga de ervas e salada, dois galetos costumam ser suficiente pra quatro pessoas.

Os galetos são a maior prova de que o simples é o máximo.

Ingredientes

  • 2 galetos de uns 800 g cada
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher (sopa) de sal (ou a gosto)
  • 6 folhas de sálvia
  • 12 folhas de manjericão ou manjerona
  • 4 ramos de salsinha
  • 2 ramos de cebolinha
  • 1 xícara (chá) de vinho branco (240 ml)
  • Azeite de oliva
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Um a um, prepare os galetos da seguinte forme: coloque um galeto sobre uma tábua com o peito pra baixo e a ponta do rabinho voltada pra você, coloque a ponta de uma tesoura de cortar frango na abertura e siga cortando rente à coluna até chegar ao outro lado e abrir totalmente a ave pelas costas, depois volte cortando em linha reta pra soltar a coluna vertebral da carcaça. Em seguida, segure o galeto pelas paredes que eram unidas pela coluna e force pra abrir a ave, que perderá o arredondado, então vire pra deixar o lado da pele pra cima e o da carne pra baixo e pressione pra achatar.

Esmague o alho, junte o sal, pimenta-do-reino e as ervas picadas e faça uma pasta. Junte o vinho, um fio de azeite, misture bem e besunte os galetos com a pasta, inclusive sob a pele.

Coloque os galetos numa tigela que acomode os dois bem juntos, regue com o vinho, cubra com filme e leve à geladeira de 12 ou até por 24h.

Coloque carvão na churrasqueira, acenda e deixe aquecer por uns 45min, até conseguir um braseiro bem quente, não deverá ter chama, apenas carvão avermelhado.

Retire os galetos da marinada, que será usada pra pincelar os galetos.

Se for usar espetos, dê preferência aos duplos, que acomodam melhor os galetos inteiros e num espeto duplo dá pra espetar uns dois galetos. Pra colocar o galeto no espeto, comece espetando as coxinhas pelas laterais, passe por baixo das sobrecoxas, siga furando as asas e termine saindo pelo peito.

Coloque o espeto com os galetos na churrasqueira e vire de 15 em 15min.

Se for na grelha, comece colocando os galetos com a parte dos ossos em contato com a grelha e a parte do peito pra cima, deixe assar nessa posição por 30min, então vire para assar com o peito pra baixo por mais 30min.

Tanto pra espeto, quanto pra grelha, vale a mesma altura média do braseiro, quer dizer, assar devagar com calor moderado, pois se for forte o galeto ficará muito dourado por fora e ainda estará cru por dentro.

Ao final 1h assando, os galetos deverão estar com a carne muito macia e bem dourados, mas não ressecados. Pra testar, basta espetar com a lâmina de uma faca a parte mais grossa da coxa e verificar se sucos sobem claros (se ainda estiverem rosados, mantenha na brasa por mais uns minutos) e, também, as coxas deverão se movimentar com facilidade

Transfira os galetos prontos pra uma tábua e sirva com polenta frita ou cremosa, ou massa com manteiga de ervas e salada.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *