Adicionar à minha lista

Frango de festa com mel e legumes

Ana Bacellar frango de festa com mel e legumes

O frango de festa com mel e legumes é aquele prato que enche os olhos e quase não dá trabalho. O trabalho é pouco mesmo, basta temperar, colocar na assadeira com os legumes, levar pro forno e, em mais ou menos 4h, a mesa está posta. Quer dizer, é uma receita perfeita pra receber.

A mostarda, o mel, a laranja e o alecrim deixam o frango saborosíssimo e muito perfumado, mas sem excessos, tanto que ele faz sucesso mesmo com as crianças.

Esse frango, conhecido por Ave Fiesta, costuma ter de 3,5 a 5 kg e tem a vantagem de ser grande o bastante pra ser prato principal de uma refeição de 6 a 10 pessoas (usei aqui um de 4 kg), mas sem o exagero de tamanho do peru. E, se sobrar, dá pra usar a carne numa torta (torta de frango caipira), um arroz de forno e até coxinha de frango.

Nunca fui muito ligada nessas aves especiais, mas quando apareceram os frangos de festas orgânicos eu fui experimentar e adorei. A carne é ultra macia e suculenta, o peito – que é a parte preferida de muita gente – é farto e as coxas são carnudas e úmidas.

Como ele já vem com um tempero básico, quem não quer ter trabalho algum pode assar o frango direto. Só que nada impede que se dê uma boa incrementada pra deixar a ave com o jeito da sua cozinha e é isso que eu costumo fazer. E como ela já tem esse tempero básico, dá pra você retemperar como quiser e assar em seguida, sem precisar deixar marinando de véspera, ou seja, é perfeita pros momentos de improviso. Se quiser, deixe marinar por umas 8 horas, mas não é mesmo necessário.

Pra começar a receita do frango de festa com mel e legumes, é importante descongelar lentamente na geladeira e dentro da própria embalagem, o que leva umas 24h. Descongelado, é hora de abrir a embalagem e retirar o saquinho com os miúdos que fica na cavidade da ave (já ouvi gente dizer que não se lembrou do saquinho, levou o peru ao forno e, passado um tempo, um cheiro de plástico invadiu a cozinha, o plástico derreteu, grudou na carcaça e tudo terminou no lixo).

Se não tiver tempo de descongelar dessa forma bem sossegada, eu resolvo a questão de maneira segura da seguinte maneira: coloco a ave inteira dentro da embalagem fechada numa bacia grande e junto água até cobrir e deixo fora da geladeira; quando a água fica bem gelada, troco por água em temperatura ambiente e sigo nesse processo até o frango descongelar totalmente. Desse jeito, consigo descongelar tudo numas 4h.

Com a ave descongelada, eu já começo a preparar a receita do dia. Pra hoje, eu coloquei um pouco de azeite com um pouquinho de sal e pimenta-do-reino na assadeira e juntei a cenoura, a batata e a cebola em pedaços, misturei tudo para envolver bem, então afastei esses legumes todos pras laterais da assadeira pra conseguir uma cavidade no centro pra encaixar o frango e reservo.

Em seguida, eu polvilhei a cavidade com sal e pimenta, depois coloquei lá dentro 2 dentes de alho inteiros e sem casca, a laranja inteira e com casca só furada com a ponta de uma faca em vários pontos pra soltar o suco aos poucos e perfumar tudo, mais uma meia dúzia de ramos de tomilho e 1 ramo grande de alecrim. Pode parecer muita coisa, mas tudo cabe bem apertadinho na cavidade e o sabor e o perfume deliciosos vêm daí. Depois eu misturei numa tigelinha 1 colher de sopa rasa de sal com o alho ralado e pimenta-do-reino e mais as folhinhas de 1 ramo de alecrim. Com muito cuidado, eu levantei a pele do peito e, caminhando com as pontas dos dedos, descolei o máximo possível da pele e até chegar o mais perto possível das pontas das coxas e espalhei uns 2/3 da mistura de alho sob a pele. O restante da mistura eu usei pra espalhar na parte debaixo da ave.

Aí coloquei o frango na assadeira, reguei com azeite e espalhei esse azeite em toda a superfície, polvilhei com mais um pouquinho de sal de pimenta pra deixar a pele saborosa no final, besuntei com a mostarda e coloquei o vinho na assadeira. Nessa hora eu amarrei as pontas das coxas pra deixar o frango com um formato uniforme e lindo, depois cobri tudo com papel alumínio deixando um espaço livre por cima pra que ele não cole na ave.

Deixei a ave descansar por uns 10min enquanto o forno aquece a uns 160º (médio-baixo). Então levei ao forno por mais ou menos 1h sem mexer, depois soltei o papel e reguei com o líquido da assadeira, cobri de novo, deixei no forno por meia hora, reguei de novo e continuei assando por mais meia hora. Ao final desse tempo, a ave deverá estar assada, mas ainda clara e nada dourada. Como essas aves especiais já são muito macias, eu calculo mais ou menos uns 30min por quilo, mas isso é uma média. Pra saber se a ave está assada pra valer é preciso testar (faço isso mesmo com o termômetro que já vem com a ave). Eu faço os testes clássicos: verifico se os sucos da carne sobem clarinhos quando se perfura a parte mais grossa da coxa com uma faca de lâmina e movimento a coxa com delicadeza pra conferir se ela está molinha e se movendo sem resistência. Se os sucos ainda estiverem rosados, a lâmina sair morna e a coxa ainda não estiver se mexendo com facilidade, eu cubro de novo com o papel, deixo no forno por mais 15min, testo de novo e sigo assim até que o frango esteja pronto.

Aqui, quando tive certeza de que a ave estava bem assada, eu peguei umas 3 colheres (sopa) do líquido da assadeira, misturei o mel nesse líquido e pincelei toda a superfície com a mistura. Aumentei a temperatura pra 200ºC (médio-alto) e voltei com a ave ao forno por mais uns 30min pra dourar bem. Como o mel carameliza, a superfície ficará mais escura e caramelizada em alguns pontos. Quando a ave dourou e a pele ficou crocante, eu retirei a assadeira do forno e, com muito cuidado e usando umas 2 espátulas grandes ou escumadeira, transferi a ave pra travessa de servir.

Coloquei a assadeira sobre a chama do fogão em fogo alto, retirei da assadeira uma ou duas conchas do líquido e passei pra uma panelinha e reservei. Deixei a assadeira em fogo alto pro restante do líquido secar e os legumes darem uma dourada. Enquanto isso, pro molhinho, eu encostei umas 2 ou 3 folhas de papel absorvente na superfície gordurosa e esperei absorver, depois deixei ferver por uns 2min, acertei o sal e a pimenta, passei pela peneira e coloquei numa tigelinha.

Depois coloquei os legumes ao redor da ave e servi com a farofa de castanhas nossas, mas pode ser qualquer farofa com farinha de milho ou de mandioca, como a farofinha de 5min incrementada como quiser) e arroz branco de todo dia.

Ingredientes

  • 4 cebolas médias em rodelas finas (600 g)
  • 3 cenouras médias em rodelas não muito grossas (450 g)
  • 6 batatas médias descascadas e em rodelas de 0,5 cm (1 kg)
  • 1 frango de festa orgânico Seara de mais ou menos 3,5 kg e já descongelado – Ave Fiesta (descongele por mais ou menos 24 h na geladeira)
  • 4 dentes de alho, 2 deles inteiros e sem casca e 2 deles ralados
  • 1 laranja inteira
  • 8 ramos de tomilho
  • 2 ramos grandes de alecrim
  • 2 colheres (sopa) de mostarda Dijon
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 2 xícaras (chá) de vinho branco (480 ml)
  • Azeite de oliva
  • Sal
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Separe uma assadeira grande e que acomode o frango inteiro e regue com um fio de azeite.

Espalhe a cebola, a cenoura e a batata na assadeira, junte umas pitadas de sal e misture bem e afaste pras laterais da assadeira, deixando a parte central pra colocar o frango.

Reserve.

Retire o frango de festa já totalmente descongelado da embalagem e retire da cavidade o saquinho com os miúdos (se quiser, refogue os miúdos com cebola e alho e use como base de uma farofa).

Polvilhe a cavidade com sal e pimenta, coloque lá dentro os 2 dentes de alho inteiros e sem casca, a laranja inteira e com casca só furada com a ponta de uma faca em vários pontos pra soltar o suco aos poucos e perfumar tudo, mais uma meia dúzia de ramos de tomilho e 1 ramo grande de alecrim. Pode parecer muita coisa, mas tudo cabe bem apertadinho na cavidade e o sabor e o perfume deliciosos vêm daí.

Depois misture numa tigelinha 1 colher de sopa rasa de sal com o alho ralado e pimenta-do-reino e mais as folhinhas de 1 ramo de alecrim.

Com muito cuidado, levante a pele do peito e, caminhando com as pontas dos dedos, descole o máximo possível da pele e até chegar o mais perto possível das pontas das coxas e espalhe uns 2/3 da mistura de alho sob a pele. Use o restante da mistura pra espalhar na parte debaixo da ave.

Coloque o frango na assadeira, regue com azeite e espalhe esse azeite em toda a superfície, polvilhe com mais um pouquinho de sal de pimenta pra deixar a pele fique saborosa, besunte com a mostarda e coloque o vinho na assadeira. Nessa hora, amarre as pontas das coxas pra deixar o frango com um formato uniforme e lindo, depois cubra tudo com papel alumínio deixando um espaço livre por cima pra que ele não cole na ave.

Deixe a ave descansar por uns 10min enquanto o forno aquece a uns 160º (médio-baixo).

Então leve ao forno por mais ou menos 1h sem mexer, depois solte o papel e regue com o líquido da assadeira, cubra de novo, deixe no forno por meia hora, regue de novo e continue assando por mais meia hora.

Ao final desse tempo, a ave deverá estar assada, mas ainda clara e nada dourada. Como essas aves especiais já são muito macias, calcule mais ou menos uns 30min por quilo, mas isso é uma média. Pra saber se a ave está assada pra valer é preciso testar (faço isso mesmo com o termômetro que já vem com a ave). Faça os testes clássicos: verifique se os sucos da carne sobem clarinhos quando se perfura a parte mais grossa da coxa com uma faca de lâmina e movimente a coxa com delicadeza pra conferir se ela está molinha e se movendo sem resistência. Se os sucos ainda estiverem rosados, a lâmina sair morna e a coxa ainda não estiver se mexendo com facilidade, cubra de novo com o papel, deixe no forno por mais 15min, teste de novo e siga assim até que o frango esteja pronto.

Quando tiver certeza de que a ave está bem assada, pegue umas 3 colheres (sopa) do líquido da assadeira, misture o mel nesse líquido e pincele toda a superfície com a mistura.

Aumente a temperatura pra 200ºC (médio-alto) e volte com a ave ao forno por mais uns 30min pra dourar bem. Como o mel carameliza, a superfície ficará mais escura em alguns pontos.

Quando a ave estiver dourada e a pele ficar crocante, retire a assadeira do forno e, com muito cuidado e usando umas 2 espátulas grandes ou escumadeira, transfira a ave pra travessa de servir.

Coloque a assadeira sobre a chama do fogão em fogo alto, retire da assadeira uma ou duas conchas do líquido e passe pra uma panelinha pro molho e reserve.

Deixe a assadeira em fogo alto pro restante do líquido secar e os legumes darem uma dourada.

Enquanto isso, pro molhinho, encoste umas 2 ou 3 folhas de papel absorvente na superfície gordurosa e espere absorver, depois deixe ferver por uns 2min, acerte o sal e a pimenta, passe pela peneira e coloco numa tigelinha ou molheira.

Coloque os legumes ao redor da ave e leve à mesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *