Adicionar à minha lista

Filé mignon recheado com presunto cru e pesto

filé mignon com presunto e pesto de manjericão

O filé mignon recheado com presunto cru e pesto de manjericão é uma receita perfeita pra um jantarzinho mais chique, pois embora dê a impressão de complicada, é simples de fazer e deliciosa. Boa solução de prato principal pros dias das Mães e dos Pais e até Natal ou passagem do ano. Um arroz branco de todo dia, uma farofinha de 5 minutos, um purê de batata simples ou as minhas queridíssimas e maravilhosamente lindas batatas estampadas acompanham a receita muito bem, e a refeição se completa com salada verde com um dos nossos molhos de salada.

Sugeri rechear pesto de manjericão, que é simples de fazer e está no site, ervas e presunto cru, mas nada impede que se recheei com qualquer outra coisa, como cogumelos refogados, cebolas caramelizadas, tomates ou legumes assados e temperados, queijos variados, azeitonas e alcaparras, além das ervas que preferir. A receita ainda é bem prática, pois dá pra montar o rocambole com algumas horas de antecedência, deixar na geladeira e assar antes de servir.

Já dei essa receita mil vezes, desde o tempo das minhas mil aulas no Atelier Gourmand e, até hoje, passados 20 anos, ainda recebo mensagens dizendo que a receita deu certinho e fez sucesso num jantar especial. Respondo sempre com carinho e faço questão de relembrar que, usando o método de abrir a carne em manta, dá pra variar bastante os recheios e ter sempre pratos novos à mesa.

Outra coisa: eu já me cansei de entrar naquelas “ofertas” com preço do filé mignon super atrativo pra quem leva a peça inteira e pra limpar em casa. Infelizmente, na imensa maioria das vezes, a perda é tamanha pra chegar ao filé limpo que, colocando na ponta do lápis, o preço por kg limpo (que é o que se vai usar pra valer) sobe demais. E isso porque eu ainda junto os pedacinhos, com peles e nervos e uso pra fazer um mini caldo com os legumes da geladeira. Sem contar o tempo que se leva pra limpar, já que a quantidade de peles, nervos e até gorduras “escondidas” costuma ser muito significativo. Vale mais, por preço e por tempo e trabalheira, ir atrás de um bom preço da peça ou dos pedaços já limpos. Com isso, compro uma peça limpa, 100% aproveitável, corto e separo a ponta mais fina e a cabeça do filé, que é bem grande, e com elas eu faço uns bifes e pico em tirinhas pra fazer picadinho de mil jeitos ou um strogonoff. A parte central fica pra receita que vai aqui.

Bora pra cozinha preparar filé mignon recheado com presunto cru e pesto?

Ingredientes

  • 50 g de manteiga em temperatura ambiente
  • 1 e 1/2 colher sopa de pesto de manjericão (receita no site)
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 1 pedaço de 800 g de filé-mignon bem limpo e tirado da parte mais grossa e central da peça
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão
  • 25 g de queijo parmesão ralado
  • 8 fatias finas de presunto cru (100 g)
  • 1/2 xicara (chá) de vinho branco (120 ml)
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva
  • sal e pimenta do reino
  • palitos ou barbante pra manter a carne enrolada

Preparo

Numa tigelinha, misture 1/3 da manteiga com o pesto, o mel e reserve.

Com uma faca afiada, e fazendo um movimento em espiral, abra a carne no sentido do comprimento pra conseguir uma manta bem retangular e com mais ou menos 1 cm de espessura (não se aflija se ela ficar um pouco tortinha ou com pontos mais grossos ou finos, isso acontece!). Cubra a carne com um saquinho plástico de freezer, só pra não machucar demais o filé, e bata com um batedor pra acertar a espessura. Polvilhe com sal e pimenta dos dois lado e espalhe o limão em toda a superfície.

Coloque a manta aberta sobre uma tábua com a face lisa pra baixo e a cortada pra cima. Espalhe por cima a pasta de manteiga com pesto numa camada uniforme, polvilhe com o queijo e forre com as fatias de presunto.
Enrole como um rocambole e use palitos ou amarre com barbante pra manter o formato.
Aqueça o forno a 200ºC (médio-alto). Sobre a chama do fogão, aqueça a manteiga restante e um fio de azeite numa assadeira pequena, e que possa ir ao forno, e, mantendo o fogo bem alto, doure rapidamente a carne de todos os lados.

Em seguida, leve ao forno e asse por uns 15 a 20 minutos, até que, perfurando o centro da carne com uma faca, a lâmina saia morna e suba um líquido rosado (para “ao ponto”, com a carne bem rosada por dentro). Transfira a carne pra um prato e, pra fazer o molho, coloque a mesma assadeira sobre a chama do fogão, junte o vinho, mexa com a colher de pau para soltar o que estiver colado ao fundo e deixe o molho encorpar por uns minutos.
Descarte o excedente de gordura com uma concha ou colocando 2 folhas de papel absorvente na superfície pra que ele chupe a gordura e acerte o sal e a pimenta (se for preciso, ajuste a acidez com umas pitadas de manteiga).
Sirva a carne fatiada com o molho ao lado.

4 Comentários

  1. 1
  2. 3

    Olá! Amo suas receitas, você transmite seu conhecimento e amor através delas! Fala pra mim: quando você fala em preparar o rocambole com antecedência, será que posso também fazer a selagem da carne no fogo com antecedência, faltando só levar ao forno mesmo? Obrigada!

    • 4

      Priscila, bom di!
      Bom saber que você está aproveitando o Na Cozinha da Helô. Tudo aqui é feito com muito carinho.
      Pode sim selar a carne com antecedência e apenas levar ao forno antes de servir.
      Conte com a gente.
      Abraços, Ana e Helô

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *