Adicionar à minha lista

Como fazer compota inglesa de laranja

Ana Bacellar compota inglesa de laranja

Hoje eu vou te ensinar como fazer compota inglesa de laranja, uma receita que já faz parte da minha vida há um bom tempo.

Acho que foi em 1988, quando estive na Inglaterra pela primeira vez, que fui almoçar em um domingo num restaurante meio taverna e, como não poderia deixar de provar, comi o mais típico prato dominical, um roast com yorkshire pudding e legumes, aquele assado com a carne desmanchando e o gravy, o molhinho de carne básico que eles tanto amam e uma compota inglesa de laranja.

O assado era saboroso, mas foi a compota de laranja que vinha num vidro de conservas bem grande pra que cada um pegasse quantas rodelas quisesse, que ficou na memória. Eram rodelas lindas e grossinhas de laranja cozidas numa calda de açúcar com cravo e canela, perfumadíssimas, com textura perfeita, não se desmanchavam de tão cozidas, tanto que era preciso pressionar com o garfo pra cortar, e combinavam maravilhosamente bem com a carne temperada com sal e pimenta.

Uns dias depois, achei um livrinho pequeno, quase uma brochura, com receitas inglesas clássicas e, ao lado dos “roasts”, vinha uma receita de compota de laranja, que, pelo texto, dava a impressão de ser “aquela”. Voltando pra casa, comprei laranjas de casca bem alaranjada, fiz a receita e adorei.

Uns anos depois, num dia em que colhi laranja lima aos montes na fazenda, experimentei preparar a compota com elas e também gostei.

Se quiser um resultado mais picante, adicione à calda grãos de pimenta.

O ideal é fazer com pelo menos uma semana de antecedência, mas ela se conserva muito bem na geladeira por um mês e vai ficando melhor com o passar dos dias. Até dá pra fazer na véspera, mas o sabor, o aroma e a textura ainda não estarão nota 10.

Além de acompanhar assados em geral, como o pernil perfumado de festa e a terrine de campagne à la française, ela também fica divina com o sorvete de baunilha de verdade. Aliás, pra transformar o sorvete de baunilha de verdade em sorvete de creme e laranja, é só deixar a baunilha de lado, bater normalmente e juntar ao sorvete pronto 5 rodelas da laranja cortada em pedaços pequenos e bem escorridos da calda.

Agora que te contei como fazer compota inglesa de laranja, que tal testar a receita?

compota inglesa de laranja 2

Ingredientes

  • 2 laranjas médias lavadas e com casca
  • ½ xícara (chá) de vinagre de vinho branco (120 ml)
  • 2 xícaras (chá) de açúcar (300 g)
  • 1 pedaço de uns 3 cm de canela em pau
  • 4 cravos

Preparo

Se possível com uma semana de antecedência para que a compota fique mais saborosa, perfumada e com a textura perfeita, lave bem as laranjas ainda inteiras e com casca, seque, corte em rodelas de 0,5 cm de espessura.

Descarte as sementes, coloque as rodelas numa panela média, cubra com água e aqueça.

Até dá pra fazer na véspera do dia de servir, mas a compota ainda não terá “amadurecido”, o sabor, o aroma e a textura ainda não estarão nota 10.

Conte 30 min a partir da fervura, passe as rodelas de laranja pra uma tigela e descarte a água.

Na mesma panela, aqueça 1 litro de água, o vinagre, o açúcar, a canela e o cravo, mexa até dissolver e deixe ferver por 5min. Junte a laranja e cozinhe em fogo baixo por 30min, até amaciar e retire do fogo.

Tampe a panela, deixe repousar fora da geladeira por umas 12h, aqueça de novo, deixe ferver por 15min e retire do fogo.

Transfira as rodelas de laranja pra um pote com tampa, cubra com a calda (descarte o excedente), espere esfriar e guarde na geladeira por até por um mês.

35 Comentários

  1. 1

    Não conhecia essa maravilha de compota, só fiquei conhecendo porque uma amiga me falou que a avó dela fazia e que amava, curiosa fui procurar na internet e lá estava… simplesmente amei, e faço com bastante frequência. Muito obrigada por compartilhar essa maravilha.

    • 2
    • 3
      • 4

        Iza, boa tarde!
        A compota dura até um mês na geladeira, quer dizer, você pode fazer com um mês de antecedência.
        Como a compota vai ficando mais gostosa a cada dia e pra ficar boa mesmo ela leva uma semana, a gente sugere preparar uma semana antes de servir. Se não tiver jeito, faça pelo menos na véspera (não será a mesma coisa, mas já estará saborosa).
        A gente vai dar uma arrumadinha no texto para deixar mais claro, obrigada por colaborar, pois só assim é possível melhorar.
        Um abraço, Helô e Ana

      • 5

        Boa noite Iza, eu já fiz várias vezes e confesso nunca havia comido nada igual, quando diz, fazer com uma semana de antecedência, é pra vc fazer e deixar para consumir só uma semana após preparada, assim ela assentua o sabor, fica muito, mas muito mais saborosa, eu faço para presentear pessoas especiais que amo, pois é literalmente um doce presente. Boa sorte.

        • 6

          Maria, boa noite!
          Delícia saber que você gostou tanto da receita. Dar um doce gostoso pra uma pessoa querida é tudo de bom, puro afeto.
          A gente adorou te ver por aqui.
          Abraços, Ana e Helô

          • 7
          • 8

            Marcia, bom dia!
            Você pode fazer com qualquer tipo de laranja que seja doce, mas com laranjas de casca bem alaranjada a compota fica mais bonita.
            Conte sempre com a gente.
            Abraços, Ana e Helô

      • 9
        • 10

          Lucilda, bom dia!
          Preparando com antecedência a compota fica muito mais gostosa.
          Aproveite as nossas histórias, dicas, receitas e fotos apetitosas.
          Abraços, Ana e Helô

  2. 11

    Helo estava aqui pensando com meus botões, já que tenho essa comporta porque não corta-la em pedacinhos e colocar na massa de uma colomba pascal, ou até mesmo num strudel vou testar depois te conto.

    • 12

      Oi, Roberta! Pode sim usar a laranja, a receita fica melhor ainda! Só é importante escorrer pedaços da calda e secar muito bem antes de juntar à massa. Fiquei curiosa para saber como ficou, hein, depois conte pra gente! bjs

  3. 13
    • 14

      Caroline, bom dia!
      Sim, se higienizar o vidro e pasteurizar você poderá sim manter fora da geladeira antes de utilizar.
      Conte sempre com a gente.
      Abraços, Ana e Helô

  4. 15
    • 16

      Bom dia!
      Delícia saber que você se empolgou com a receita. A compota é deliciosa e linda!!!
      Mande mesmo a foto da sua receita, a gente vai adorar.
      Abraços, Ana e Helô

  5. 17

    Perguntinha: pra fazer em maior qtdade, duplico ou triplico tudo igualmente ou algum ingrediente não altera? Adorei a ideia pra presentear com vidros bonitos no Natal

    • 18

      Ana, boa tarde!
      Pra triplicar a receita, você pode fazer 3 vezes a laranja, o açúcar e o vinagre, mas a água pode ser apenas duplicada.
      Nos vidros as laranjas ficam lindas demais, né? E são um acompanhamento delicioso para pernil, peru, tender e lombo, tudo a ver com Natal.
      Conte com a gente.
      Abraços, Ana e Helô

  6. 20
    • 21

      Teresa, boa noite!
      Com certeza você pode usar vinagre de álcool. A gente usou vinagre branco de vinho porque é o mais comum.
      Conte sempre com a gente.
      Abraços, Ana e Helô

  7. 22

    Acabei de fazer a minha compota de laranja… Que linda que fica… fiz com a laranja bahia… com ctz já vou fazer outra para amadurecer mais tempo… pois tenho ctz q está não vai durar… apartir da véspera…. Obgd por compartilhar essa maravilha com a gente…

    • 23

      Mayra, boa tarde!
      Que gostoso saber que a sua compota ficou linda. Com laranja bahia tudo fica maravilhoso.
      Obrigada pelo carinho! Continue aqui Na Cozinha da Helô, pois não faltam histórias, dicas, receitas e fotos apetitosas.
      Abraços, Ana e Helô

  8. 24

    Olá! Sou professora estou com uma renda baixa e pretendo fazer doces para vender.
    Necessário saber qual a durabilidade quando acondicionar a compota em vidros.
    Obrigada!

    • 25

      Maísa, boa noite!
      O momento está difícil demais para todos …
      Para conseguir ter certeza de durabilidade é preciso conhecer bastante as regras de conservação de doces e compotas. Além de entender bem os critérios de esterilização dos potes e dos doces já nos vidros.
      Uma sugestão: entre nos sites do Sebrae e Embrapa e procure pelo tema, os 2 costumam ter manuais e indicações gratuitas e precisas, com técnicas e indicações para o negócio propriamente dito.
      Como a gente não se considera especialista no tema para fins de produção para venda, fica difícil te orientar além disso.
      Boa sorte e continue aqui Na Cozinha da Helô.
      Abraços, Ana e Helô

  9. 26

    Helô, sou totalmente fã de suas receitas, seu site, fotos e histórias! Muito obrigado por compartilhar tantas delícias e conhecimento, seu trabalho é realmente pura inspiração! Sobre esta receita, tenho duas dúvidas: o vinagre pode ser qualquer um de cor clara? (Vi outra leitora perguntando sobre o vinagre de álcool, e queria saber se o de maçã, por exemplo, que é o que mais compro, também serve). E como aqui no interior, onde moro, é difícil conseguir canela em pau, poderia utilizar em pó, como “paliativo”? Ou estragaria a receita? Caso ache possível usar canela em pó, qual seria a quantidade?? Muito obrigado, um grande abraço!

    • 27
      • 28

        Antonio, imagine! Pode perguntar quando quiser.
        Use a laranja que quiser, desde que seja doce e com bastante suco, mas tente encontrar laranjas de casca bem alaranjada, pois a conserva fica muito mais linda.
        Conte com a gente.
        Abraços, Ana e Helô

    • 29

      Antonio, boa tarde!
      Obrigada pelo carinho. Mensagens como a sua deixam o dia aqui na nossa cozinha bem mais alegre.
      O vinagre tem que ser claro. A gente costuma usar vinagre de vinho branco ou vinagre de maçã, que também é o preferido por aqui.
      Quanto à canela, o pó vai deixar a calda um pouco turva, mas nada que atrapalhe. Use umas 2 pitadas e já terá um tanto de sabor e de aroma da canela.
      Abraços, Ana e Helô

  10. 30
    • 31

      Zelia, bom dia!
      A gente não fez esse teste, mas o limão siciliano deve render uma conserva saborosa e perfumada (claro que pra quem adora o azedinho do limão). Assim que der, a gente experimenta. E, se quiser tentar, conte pra gente como ficou.
      Abraços, Ana e Helô

  11. 32

    Helo ,eu amo qualquer doce de laranja…mas essa compota não tem igual,eu amei e já fiz várias vezes.Usei a laranja Bahia,que tem a casca bem alaranjada.
    Obrigada por essa delícia

    • 33

      Ivone, boa tarde!
      Obrigada pela mensagem tão carinhosa. Muito gostoso saber que a receita já faz parte da sua cozinha.
      Além de linda, essa compota é deliciosa, perfeita pra quem adora doces de laranja (aqui em casa é assim!).
      A gente também acha que a laranja Bahia, que é suculenta e tem casca bem alaranjada, é a melhor opção.
      Continue aqui Na Cozinha da Helô, pois não faltam histórias, fotos, dicas e receitas apetitosas.
      Abraços, Ana e Helô

  12. 34

    Querida Heloisa. sou sua fã ha mt tempo! tenho seus livros “ O Brasil a mesa” e “ Cozinhando para amigos”. os outros livros não encontrei.
    Fiquei encantada com essa compota. Estou com muitas laranjas champanhe e dekopon que foram precocemente apanhadas para não serem surrupiadas como o foram em torno de 100 pitayas…
    Fiz casquinhas cristalizadas , que aoesar de 6 fervuras ficaram anargas, mas estao gostosas. sera que tem problemas consumí-las amargas?
    Apesar de não maduras as laranjas estao saborosas e suculentas. Fiz.a compota que estao sendo pasteurizadas. Sobrou muita calda, será que posso aproveitá-la. Ainda vou fazer geleia.? Obrigada com doces abraços

    • 35

      Lea, bom dia!
      Não há problema em comer as casquinha mais amargas.Provavelmente, ficaram amargas porque as laranjas ainda não estavam bem maduras.
      A gente espera que você goste da compota, pois além de deliciosa, é linda.
      Quanto à calda, um bom uso é acrescentar um pouco de suco de laranja e servir como laranjada.
      Que pena as pitayas…
      Quanto aos livros Cozinhando 2, Chocolate e Cozinha Brasileira: você procurou na Amazon?
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *