Adicionar à minha lista

Compota inglesa de laranja

Ana Bacellar

Acho que foi em 1988, quando estive na Inglaterra pela primeira vez, que fui almoçar em um domingo num restaurante meio taverna e, como não poderia deixar de provar, comi o mais típico prato dominical, um roast com yorkshire pudding e legumes, aquele assado com a carne desmanchando e o gravy, o molhinho de carne básico que eles tanto amam.

O assado era saboroso, mas foi a compota de laranja que vinha num vidro de conservas bem grande pra que cada um pegasse quantas rodelas quisesse, que ficou na memória. Eram rodelas lindas e grossinhas de laranja cozidas numa calda de açúcar com cravo e canela, perfumadíssimas, com textura perfeita, não se desmanchavam de tão cozidas, tanto que era preciso pressionar com o garfo pra cortar, e combinavam maravilhosamente bem com a carne temperada com sal e pimenta.

Uns dias depois, achei um livrinho pequeno, quase uma brochura, com receitas inglesas clássicas e, ao lado dos “roasts”, vinha uma receita de compota de laranja, que, pelo texto, dava a impressão de ser “aquela”. Voltando pra casa, comprei laranjas de casca bem alaranjada, fiz a receita e adorei.

Uns anos depois, num dia em que colhi laranja lima aos montes na fazenda, experimentei preparar a compota com elas e também gostei.

Se quiser um resultado mais picante, adicione à calda grãos de pimenta.

O ideal é fazer com pelo menos uns três dias de antecedência, mas ela se conserva muito bem na geladeira por um mês e vai ficando melhor com o passar dos dias. Além de acompanhar assados em geral, como o pernil perfumado de festa e a terrine de campagne à la française, ela também fica divina com o sorvete de baunilha de verdade. Aliás, pra transformar o sorvete de baunilha de verdade em sorvete de creme e laranja, é só deixar a baunilha de lado, bater normalmente e juntar ao sorvete pronto 5 rodelas da laranja cortada em pedaços pequenos e bem escorridos da calda.

Ingredientes

  • 2 laranjas médias lavadas e com casca
  • ½ xícara (chá) de vinagre de vinho branco (120 ml)
  • 2 xícaras (chá) de açúcar (300 g)
  • 1 pedaço de uns 3 cm de canela em pau
  • 4 cravos

Preparo

Se possível com uma semana de antecedência, ou pelo menos na véspera, lave bem as laranjas ainda inteiras e com casca, seque, corte em rodelas de 0,5 cm de espessura.
Descarte as sementes, coloque as rodelas numa panela média, cubra com água e aqueça.
Conte 30 min a partir da fervura, passe as rodelas de laranja pra uma tigela e descarte a água.

Na mesma panela, aqueça 1 litro de água, o vinagre, o açúcar, a canela e o cravo, mexa até dissolver e deixe ferver por 5min. Junte a laranja e cozinhe em fogo baixo por 30min, até amaciar e retire do fogo.

Tampe a panela, deixe repousar fora da geladeira por umas 12h, aqueça de novo, deixe ferver por 15min e retire do fogo.

Transfira as rodelas de laranja pra um pote com tampa, cubra com a calda (descarte o excedente), espere esfriar e guarde na geladeira por até por um mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *