Adicionar à minha lista

Chocolate quente que é tudo de bom

Ana Bacellar

Quando alguém me pede para dizer quais as minhas 10 receitas preferidas, sempre penso nesse chocolate quente, que é maravilhoso. Ele é dos sonhos e tem tudo o que se espera, quer dizer, muita cremosidade, muito gosto de chocolate e, também, baunilha e um toque de canela (quem, como eu, ama canela, costuma gostar).

Nos tempos de Paris, acho que poucas coisas me deixam tão feliz quanto parar num café pra um chocolate depois de passar um tempo andando pela rua com aquele frio, o vento e até o chuvisco batendo forte e gelando até os ossos. Além dos chocolates clássicos do Café de Flore e do Angélina, há os sensacionais do Jean-Paul Hévin, Pierre Hermé, Pierre Marcolini, Jacques Genin e, embora ainda não tenha tomado, já ouvi dizer que o da Chocolaterie do Cyril Lignac também é muito bom.

Confesso que procurei muito, testei bastante e, como não poderia deixar de ser, o x da questão está no chocolate, tanto na qualidade, como na proporção em relação ao leite e ao creme. Só com um ótimo produto se faz uma bebida aveludada, perfumada, saborosa e inesquecível.

Vale a pena ter paciência, preparar com antecedência e deixar o chocolate encorpar na geladeira, deixando só pra aquecer na hora de servir.

Quanto ao “doce”, tudo depende do chocolate escolhido. Muitas vezes, nem é preciso adoçar, mas isso vai de cada um.

Ingredientes

  • 1 litro de leite
  • 1 xícara (chá) de creme de leite fresco (240 ml)
  • 1 pedaço de uns 3 cm de canela em pau
  • 1 colher (sopa) de essência natural de baunilha (10 ml) ou 1 fava de baunilha cortada ao meio e raspada
  • 400 g de chocolate meio amargo
  • Raspas de chocolate pra finalizar

Preparo

Numa panela grande, coloque o leite, o creme de leite, a canela, a baunilha e aqueça.

Coloque o chocolate numa tigela e reserve. Retire do fogo logo que ferver, despeje sobre o chocolate e misture até derreter (a impressão será a de um chocolate quente bem ralo e claro, mas tudo muda depois do repouso).

Espere esfriar, cubra e deixe descansar na geladeira por umas 8h, ou por até 2 dias para o chocolate quente encorpar.

Na hora de servir, aqueça, deixe ferver por alguns minutos, passe pra uma leiteira ou diretamente pras xícaras (se quiser, finalize com raspas de chocolate).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *