Adicionar à minha lista

Cenouras douradas na frigideira

Ana Bacellar Cenouras douradas na frigideira

Hoje vou te ensinar a preparar cenouras douradas de frigideira, tudo de um jeito simples e delicioso de levar cenouras à mesa. Os ingredientes são poucos e daqueles que todo mundo tem em casa.

Há quem diga que é frescura ensinar a preparar cenouras simples na frigideira, que basta cozinhar cenoura na água com sal e depois passar na manteiga.

Só que eu discordo. Acho que é muito importante aprender a cozinhar um qualquer legume e acho que uma cenoura bem-feita é totalmente diferente daquela que foi cozida na água e depois só passadinha na manteiga.

Essa cenoura cozida primeiro na água e passadinha na manteiga no final só fica só com gosto de cenoura cozida por dentro e com um leve gosto de manteiga, nada mais. Muitas ficam borrachudas, cozidas além do ponto, poucas têm sabor. E o triste é ver que isso acontece na maioria das casas, nos hospitais e em muitos restaurantes por aí.

A cenoura gostosa pra valer fica pronta quase que no mesmo tempo dessas sofríveis, mas a forma de preparar faz a diferença e o resultado é mil vezes melhor. A cenoura apenas cozinha na frigideira com água até cobrir, sal pra realçar o que a cenoura já tem de bom, açúcar pra dourar e manteiga, que a cenoura absorve ao longo do cozimento, ficando bem saborosa e tenra, mas que também dá o brilho no final. Tudo acontece junto e, quando a água seca, a cenoura já cozida e saborosa, carameliza no açúcar e na manteiga que sobram na frigideira. A quantidade de água, o bastante pra cobrir a camada de cenouras, é o suficiente pra cozinhar e manter a boa textura, o sabor e os nutrientes.

Tanto isso importa que o método faz parte das receitas de base da cozinha francesa clássica e assim aprendi acho que na segunda aula no Le Cordon Bleu em Paris. Como as cenouras entravam em preparações clássicas, era preciso cortar em rodelas grossinhas e aparar as quinas dos dois lados pra conseguir rodinhas perfeitas, as carottes Vichy, ou tornear pra conseguir aqueles balõezinhos de 7 faces impecáveis.

Tornei cenouras aos montes, tanto na escola, como no restaurante em que fiz estágio. Como eu torneava bem, eu me lembro de receber caixotes de cenouras lindas, ainda com terra e folhas e do sous-chef dizendo que seria a responsável por lavar tudo, descascar, tornear balõezinhos de uns 4 cm e juntar todas as aparas pros caldos de carne, de frango e de legumes. Era tanta cenoura que a minha mão ficava até alaranjada e eu até me divertia com o desafio de dar conta de tudo com a eficiência, rapidez e aproveitando cada cenoura da melhor forma possível.

O método ficou comigo pra sempre, preparo cenouras assim sempre, pelo menos uma vez por semana, em casa todos adora. O torneado e as rodinhas perfeitas ficaram pra trás, pois quem me conhece sabe que eu gosto da cozinha mais rústica, vejo a beleza nas coisas assim como chegam da terra, sempre escolho as cenouras tortinhas pela natureza e deixo de lado aquelas idênticas e roliças do supermercado. Corto as cenouras em rodelas simples e, quando encontro cenourinhas lindas e miúdas, ainda com folhas, uso as cenouras inteiras. O que importa é pensar que os pedaços têm que ser uniformes pra que cozinhem por igual.

Pra variar, e também pra deixar os veganos felizes, dá pra usar azeite de oliva no lugar da manteiga.

As cenouras bem preparadas ficam tão gostosas e lindas que vão bem tanto no dia a dia, quanto pra receber. Só pra gente ter uma ideia, cenouras assim combinam com frango assado aberto pelas costas, arroz de todo dia, galeto na brasa da serra gaúcha, filezinhos de peixe dourados na manteiga, salmão de forno com ervas e laranja, bolo de carne macio e saboroso, carne moída caseira, pernil de cordeiro assado, bife à milanesa da minha avó e pernil perfumado de festa.

No site, há uma receita preparada com o mesmo método, só que com mais jeito de festa, as cenouras glaceadas com mel e laranja, com toques de especiarias e tem vídeo no nosso canal do Youtube, vale assistir.

Cenouras douradas na frigideira

Ingredientes

  • 4 cenouras médias (600 g)
  • 25g de manteiga
  • 1 colher (chá) de açúcar
  • 1 e ½ xícara de água, aproximadamente (360 ml)
  • Sal

Preparo

Descasque e corte as cenouras em rodelas de mais ou menos 1cm de espessura.Se forem cenouras novinhas e miúdas, apenas lave bem, nem precisa descascar, dá pra usar inclusive as folhas.

Numa frigideira grande e que abrigue as rodelas numa só camada, coloque a cenoura, a manteiga, o açúcar, o sal (costumo colocar umas 2 pitadas), e junte água apenas o necessário pra cobrir a camada de cenouras.

Leve ao fogo médio e cozinha com a panela semi-tampada por 15 a 20min, até que as rodelas estejam macias, brilhantes e caramelizadas (o líquido evapora e a cenoura doura e carameliza na manteiga com o açúcar).

O tempo varia, pois cenouras mais novas cozinham mais rápido e as mais velhas demoram mais.

Sirva em seguida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *