Adicionar à minha lista

Caju amigo

Ana Bacellar

Maracujá é uma delícia, o suco é refrescante, saboroso e perfumado, mas eu ainda gosto mais de caju, pra mim ele é imbatível.

Gosto do gosto do caju, do perfume, da cor, do frescor, de tudo. A cajuada é o meu suco preferido.

Não sou uma pessoa de drinques, no máximo, nas férias na praia, dou uma bicada numa caipirinha, mas, pelo caju, topei pensar numa bebida especial com ele. Tudo começaria com o caju amigo, um clássico do “Pandoro”, feito com caju, vodka, açúcar, gelo e um ingrediente que dizem ser secreto.

Logo decidi que o meu já começaria diferente, pois levaria cachaça. Como, pra acompanhar a porção de bolinhos do “Lá da Venda”, e também pro buffet de café da manhã de fazenda, eu sempre faço uma compota de caju, resolvi usar uma colherada da compota no fundo do copo e, assim, adoçar e acrescentar o gosto do doce de caju, que é maravilhoso e totalmente diferente do sabor dele fresco.

O drinque, então, passou a ter um pouco da compota, um tanto de suco de caju, cachaça e gelo, mas eu também queria o fruto fresco no copo. Pra evitar que as fibras da polpa na hora da mordida, resolvi fatiar o caju em rodelas bem finas, totalmente “comestíveis”.

Teoricamente, o tal drinque ficaria no cardápio do “Lá da Venda” por umas duas semanas, mas caiu nas graças dos clientes e não saiu mais. Até eu, de vez quando, preparo um mini pra mim.

Ingredientes

  • 8 cajus maduros
  • 1 e ¼ de xícara (chá) de água (300 ml)
  • 1/3 de xícara (chá) de açúcar (50 g)
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • 1 xícara (chá) de cachaça (240 ml)
  • 8 cubos de gelo

Preparo

Lave os cajus, descarte as castanhas e deixe 2 na geladeira pra finalização do drinque.

Sem descascar, corte os outros 6 cajus em 4 partes e bata no liquidificador com a água até obter uma pasta lisa. Passe por uma peneira pra descartar as cascas e complete com água se necessário pra conseguir 1 e ½ xícara de polpa.
Guarde ½ xícara dessa polpa na geladeira pra usar como suco no final.

Coloque a xícara de polpa restante numa panelinha com o açúcar e aqueça, mexendo até dissolver. Misturando de vez em quando, deixe no fogo por uns 40min, até conseguir uma pasta com a cor de caramelo claro e muito perfumada (se pra chegar a essa cor a compota engrossar demais, junte ¼ de xícara de água no final). Misture o limão e retire do fogo.

Passe pra um potinho e deixe esfriar.

Corte os 2 cajus reservados em rodelas muito finas.

Em cada copo, coloque 1 colher (sopa) da compota de caju (guarde o que sobrar pra usar em outros drinques ou como geleia).

Por cima, coloque ¼ do suco de caju, ¼ da cachaça e 2 cubo de gelo. Espalhe ¼ das rodelas de caju na borda de cada copo e sirva.

2 Comentários

  1. 1

    Querida Helô eu como cearense que
    Cresci na fartura do caju adorei
    Parabéns agora em diante sou seu
    Seguidor .
    Suas receitas são show, parabéns
    Felicidade total !!!

    • 2

      Flávio, boa tarde! Que alegria saber do seu envolvimento com o caju (pra mim, é sempre a melhor fruta/fruto).
      Muito obrigada pelo carinho.
      Abraços, Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *