Adicionar à minha lista

Bolo piquenique de presunto, queijo e azeitona – torta de liquidificador

Bolo piquenique de presunto, queijo e azeitona - torta de liquidificador

Caseira, tradicional e retrô total, uma receita que vem de muito tempo e faz parte da vida de muita gente. Fui conferir nos meus cadernos de receitas antigos e vi que essa torta/bolo salgado de liquidificador já aparecia e, com uma anotação “deliciosa”, num fichário vermelho que eu montei quando eu tinha uns 13 anos, em 1976. E, com certeza, copiei do caderno da minha mãe, ou de alguma tia. Vi que, na verdade, eram duas possibilidades de massa, uma só com farinha de trigo e uma misturando farinha de trigo e maisena. Nas duas eu anotei: se quiser usar recheios de carne moída ou de frango desfiado bem refogadinho ou de atum você pode tanto misturar esses ingredientes na massa, como montar a torta em camadas, massa/recheio/massa e, se for queijo com presunto e azeitona é só misturar tudo. Minha mãe gostava de fazer a receita pros lanches mais reforçados dos finais de semana e montava numa fôrma de pudim grande e desenformava ou num pirex grande e cortava em quadrados. Enfim, uma receita cheia de lembranças.

Quando fui pra França pela primeira vez, em 1988, fiquei encantada quando entrei numa padaria e dei de cara com vários desses bolos na vitrine e com muitas possibilidades de recheios e sabores. Claro que pedi umas fatias variadas e amei, eram bem semelhantes aos da minha infância, mas tinham uns requintezinhos a mais tanto na massa, como nos recheios. Eles passaram a fazer parte das nossas cestas de piquenique, que aconteciam quase que diariamente. Logo fui estudar a receita pra entender como conseguir massas mais leves e abrir horizontes dos recheios e, nas várias viagens que a gente fez pra lá, eu sempre ia atrás deles. Depois fui estudar lá e o bolo/torta virou assunto de novo.

Havia uma padaria bem perto de onde a gente morava, que se chamava Poujauran e vendia os “cakes” (como chamam por lá) em muitas versões e era diversão provar um tanto de cada, e às vezes eu ia até a rua “mercado” Montorgueil pra comprar “cakes” na Störer, famosa também por eles.
Um dos preferidos era o de espinafre com cogumelo, espinafre e bacon, que adotei pra valer (Bolo salgado de cogumelo, espinafre e bacon). Só que, como a Bebel realmente amava azeitonas, presunto e queijo, que costumava ser gruyère, esse básico passou a fazer parte da vida e era uma das receitas possíveis de fazer no forninho elétrico da cozinha minúscula do apartamento em que a gente morava. Como eu não tinha nem liquidificador, eu misturava tudo numa tigela com um batedor de arame e funcionava do mesmo jeito, pois a receita é só de misturar (eu adoro esse tipo de receita!).

Hoje é dia desse básico, que agrada tanto as crianças, como os adultos, fica pronta em pouquíssimo tempo, pode ser feita com aqueles pedaços de queijo e azeitonas que muita gente tem na geladeira (verdes ou pretas, ou as duas) e com presunto cozido comum, que se acha em qualquer padaria ou supermercado (mas também pode levar queijos variados e presuntos mais especiais, inclusive os “crus”, assim como peito de peru. O queijo só precisa ser firme o bastante pra ralar (os muito frescos são mais aguados e encharcam a massa, dando resultados mais pesados).

A receita é perfeita também pra envolver as crianças no preparo da refeição. A separação dos ingredientes e utensílios e o preparo da massa, tanto na tigela, como só com um bzzzbzzz do liquidificador, são bem fáceis, ficando pra um adulto as tarefas de picar o queijo, o presunto e a azeitona e colocar e tirar do forno. Refiz as duas possibilidades de massa e fiquei com a que só leva trigo, apesar da que leva maisena também ser gostosa e bem fofinha. A massa só leva ingredientes de despensa básica, nada além de farinha de trigo, sal, fermento químico (o comum pra bolos), leite, óleo, ovo e queijo ralado.

Os segredos pra conseguir massa macia e leve são os mesmos de um bolo comum: manter as proporções da receita, pois tudo é pensado e medido direitinho (assista ao vídeo no youtube medidas na cozinha), misturar só o necessário pra conseguir uma massa homogênea e levar sempre ao forno já quente, quer dizer, pré-aquecido e na temperatura certa, uns 180ºC, que é considerado “médio” (bolos precisam desse choque inicial de temperaturas). Os furinhos aerados da massa, que cresce e ganha leveza com os ovos, são 100% normais e esperados, pois a textura do bolo salgado será sempre diferente dos doces, já que a falta do açúcar afeta a estrutura da massa. A receita fica bem enformada, usando uma fôrma média de bolo inglês ou de pudim, com buraco no meio, ou num refratário pra cortar quadrados.

Como a receita não é grande, se a família for maior, ou pra um lanche mais reforçado, é só dobrar as quantidades e assar em fôrmas grandes.
No dia em que assado o bolo fica fofíssimo, parece nuvem. Depois, é claro, ele resseca um pouco, mas ainda continua delicioso por uns 2 dias. Já aqueci por segundos no micro-ondas, na torradeira e até no forno (nesses dois, a casca fica bem crocante, o que pra mim não é problema, pois adoro cantinhos de assadeira e bordas).

Com uma salada de folhas a refeição está pronta.

Ingredientes

  • 2 ovos
  • ½ xícara (chá) de óleo vegetal (120 ml)
  • ½ xícara (chá) de leite (120 ml)
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo (120 g)
  • 1/2 colher (sopa) de fermento em pó
  • ¼ de xícara (chá) de queijo parmesão ralado (25 g)
  • 1 colher (chá) de sal
  • 200 g de presunto cozido em tirinhas finas
  • 1 xícara (chá) de queijo mussarela em tirinhas finas ou ralado grosso (uns 150 g, mas o peso varia um pouco em função do queijo; dá pra usar qualquer outro queijo que dê pra ralar
  • 1/3 de xícara (chá) de azeitona em lascas (verdes ou pretas, ou mistura das duas)
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada (2 ramos)
  • Pimenta-do-reino
  • Manteiga pra untar e farinha de trigo pra polvilhar

Preparo

Aqueça o forno a 180ºC (médio-alto), unte com manteiga e polvilhe com farinha 1 fôrma média pra bolo inglês (ou pra pudim, de buraco no meio).

No liquidificador, bata os ovos, o leite, o óleo, a farinha, o fermento, o queijo parmesão e o sal só até conseguir uma massa lisa (não bata demais, só mesmo o necessário pra deixar a massa homogênea).

Passe a massa pra uma tigela e, com uma espátula, junte o presunto, a mussarela, a azeitona, a salsinha e um toque de pimenta-do-reino (ela faz a diferença). Despeje a massa na fôrma.

Asse o bolo por uns 35 minutos, até que esteja firme, crescido e dourado até nas fendas que surgem na superfície (enfiando um palito no centro, ele deverá sair bem limpo e seco). Retire do forno, aguarde 5 minutos, desenforme e sirva em fatias. Ele fica delicioso quente, pois é fofíssimo por dentro e com uma crostinha por fora, e em temperatura ambiente (se conserva bem por até 2 dias), mas dá pra aquecer de novo no forno, no micro-ondas por uns segundos ou até na torradeira.

14 Comentários

  1. 1
  2. 3
    • 4

      Sillas, boa tarde!
      Muito obrigada pela sua atenção. Na pressa, passou… Desculpe mesmo, às vezes acontece, mesmo com tanto cuidado. Com a ajuda de pessoas como você, a gente poderá sempre melhorar. Receita já corrigida (explicando: havia passado a receita pra uma pessoa que queria fazer 3 de uma vez e aí deu a atrapalhação).
      Abraços, Helô e Ana

  3. 5
    • 6

      Ana, boa tarde!
      Delícia receber mensagens como a sua.
      Espero que você goste também dessa receita, que é deliciosa e muito prática. Com uma salada, a refeição está pronta.
      Depois conte pra gente!
      Abraços, Ana e Helô

  4. 7

    Querida boa noite , faltou a quantidade de óleo ! Vai que alguém faz sem e fica diferente do que deveria né ?! Obrigada eu fiz e amei. Usei meia xícara de óleo

    • 8

      Bom dia Ana!
      Fui reconferir e vi que ele está logo abaixo dos ovos na relação dos ingredientes e também está no preparo.
      Mas tudo bem, o que importa é que você está bem de proporções e juntou a quantidade correta.
      Abraços, Ana e Helô

  5. 9

    Fiz e gostei bastante! Reduzi um pouquinho a quantidade de sal na massa, por causa da azeitona e do peito de peru. Só que o meu cresceu e saiu do forno lindo, mas depois abaixou… o que será que fiz de errado?

    • 10

      Adriana, bom dia!
      Que bom que você gostou da receita, que é muito prática e versátil. Você fez bem em diminuir o sal, que é sempre a gosto justamente porque os ingredientes extras mudam e o sal deles também (casa azeitona é de um jeito, presunto cru é bem mais salgado que o presunto comum, o mesmo acontecendo com os queijos).
      Quanto ao abaixar, isso acontece diante da quantidade de farinha de trigo e dos ovos, pois a massa é rica em ovos, e do “peso” dos ingredientes como peito peru, azeitona, etc … Ou também o forno muito forte. Mas nada de grave, né?
      Abraços, Ana e Helô

  6. 11

    Olá Helô! Minha filha é alérgica a glúten. Posso usar a farinha sem glúten da marca Urbano? Pergunto pq geralmente o que faço com essa farinha fica seco. É possível? Adoramos suas receitas! Obrigada

    • 12

      Márcia, bom dia!
      Alergias são perigosas e toda atenção do mundo é necessária. Sei bem como isso é, pois uma das minhas filhas têm várias alergias sérias e é complicado no dia a dia.
      COmo a receita leva uma proporção rica de óleo e de ovos, pode ser que funcione com a farinha da Urbano, mas não posso garantir.
      Em mais ou menos um mês, entrarei numa pesquisa mais profunda sobre o tema, pra lançar um bloco de receitas explorando o cozinhar sem glúten. Será uma série ligada ao site TÁ Ná Mesa.
      Vá nos acompanhando e verá que novidades não faltam.
      Abraços, Ana e Helô

  7. 13

    Tentei hoje mais esta receita da Cozinha da Helo … para variar ficou tão boa, mas tão boa, mas tão boa
    A família toda amando suas receitas… não teve uma que ficou ruim ou deu errado! Tudo perfeito!

    • 14

      Manuela, boa tarde!
      Você não imagina como a gente fica feliz quando recebe mensagens como a sua. Tudo aqui é feito com muito carinho e dedicação e saber que a receita funcionou direitinho, que agradou e passou a fazer parte da sua vida é tudo de bom.
      Continue nos acompanhando, pois temos sempre novidades.
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *