Adicionar à minha lista

Bolo de semolina e amêndoa

Receita árabe de basboussa

Bolo de semolina e amêndoa - Por Ana Bacellar bolo de semolina e amêndoa

Aprenda a fazer uma receita deliciosa de bolo de semolina e amêndoa.

O que é?

Muitos cantos do mundo me fascinam e o árabe é um deles, com toques de mistério e de Sherazade nas mil e uma noites.

Em 1997, fui ao Egito e tive uma festa de aniversário totalmente surpresa num restaurante popular no Cairo, com direito a parabéns em árabe cantado pelos garçons e pelo nosso guia e a um bolo de semolina com amêndoas e calda com flor de de laranjeira. O bolo era incrível e chegou à mesa cheio de velas acompanhado de docinhos de mel, nozes, amêndoa, pistache, damasco, figo, aletria e biscoitos amanteigados.

Percebendo o meu encantamento, o guia logo no outro dia já me trouxe a receita do bolo que a mãe dele fazia e no alto estava escrito basboussa.

Voltei pra casa e logo comecei a estudar e a testar. Vi versões libanesas, sírias, marroquinas, tunisianas, turcas, do Iêmen e nem sei mais.

O que vai no bolo de semolina e amêndoa?

Versão tradicional

Na massa, uns usam semolina mais fina, outros mais grossa (a gente usa aqui a que encontra), uns colocam iogurte e outros leite. As quantidades de manteiga variam, alguns usam pasta de gergelim pra untar a fôrma dizendo que a crosta fica mais interessante. Muitos acrescentam coco seco ralado. Outros pedem pra acrescentar fermento em pó e outros ficam só com bicarbonato de sódio.

A finalização é parecida, uns marcam losangos, outros quadrados. Mas quase sempre no centro vai uma amêndoa inteira com ou sem pele, mas também pode ser uma castanha de caju.

Todos regam o bolo quente com bastante calda de açúcar normalmente aromatizada com água de flor de laranjeira. Também tem versões com limão, água de rosas, canela, ou cardamomo.

Em comum: todos são deliciosos e fazem parte dos doces do Ramadan e adoçam a vida com muita graça.

Minha versão

Tentei captar o maior número possível de “pulos do gato”, junteis pedaços, acertei proporções e cheguei à versão que lembra bastante a receita egípcia, com amêndoas inteiras no meio de cada quadrado. Na calda tem canela e limão além da água de flor de laranjeira. Entre o leite e o iogurte, fiquei com o iogurte, pois gostei mais do sabor e da textura do bolo com ele, e optei pelo bicarbonato, achei que as receitas com fermento ficam com jeito de bolo fofo e a minha referência era bolo mais firme.

A receita é simples, leva apenas sêmola de trigo (amarela bem clarinha, aparece nas prateleiras perto das massas), açúcar, bicarbonato, sal, iogurte, manteiga, água de flor de laranjeira, casca de limão e canela em pau, além das amêndoas sem pele da finalização.

O preparo

O descanso da massa na assadeira antes de assar é realmente importante pra conseguir um bolo macio, pois a semolina precisa de tempo pra absorver o iogurte e a manteiga. Experimentei assar direto e deixei descansar até por 8h, como sugeria uma receita do Iêmen, mas acho que 2h bastam.

É importante começar misturando os secos, então juntar a manteiga amolecida, mas não derretida, até conseguir uma farofa, depois juntar o iogurte e misturar até ficar bem pastosa, caindo da colher (parece hommus na cor e na textura). Aí é despejar e espalhar a massa na assadeira untada com manteiga e polvilhada com a semolina, alisar com o dorso de uma colher umedecida com água e assar por uns 35min, até ficar dourado e firme.

Saindo do forno, entra a calda, que deve ser regada em 3 etapas, só despejando a seguinte quando a anterior estiver totalmente absorvida.

Quem já comeu o bolo de semolina e amêndoa gostou vai querer preparar a receita, e quem nunca experimentou precisa experimentar, pois não sabe o que está perdendo!

Ingredientes

Bolo

  • 2 e ¼ de xícara (chá) de semolina fina (360 g)
  • 1 xícara (chá) de açúcar (150 g)
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1 colher (chá) de sal
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente e bem macia, não derretida
  • 1 xícara (chá) de iogurte natural (240 ml)
  • 20 amêndoas inteiras e com pele
  • Manteiga pra untar
  • Semolina pra polvilhar

Calda

  • 1 xícara (chá) de água (240 ml)
  • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar (225 g)
  • 1 pedaço de uns 3 cm de canela em pau
  • 1 fita de casca de limão
  • 2 colheres (sopa) de água de flor de laranjeira

Preparo

Unte uma assadeira pequena (uns 20×20 cm) com manteiga, polvilhe com a semolina e reserve.

Numa tigela média, mistura a semolina, o açúcar, o bicarbonato e o sal. Junte a manteiga e mexa com uma espátula até conseguir uma farofa. Acrescente o iogurte e misture até obter uma massa grossa e pesada, que caia da colher.

Espalhe a massa na assadeira, molhe o dorso de uma colher com água e alise pra conseguir uma camada uniforme.

Com a ponta de uma faca, risque a superfície dividindo o bolo e em 16 quadrados ou losangos.

Coloque as amêndoas inteiras no centro de cada um e deixe a massa repousar por umas 2h.

Quando faltarem uns 15min pra completar o tempo, aqueça o forno a 180ºC (médio-alto).

Asse o bolo por uns 25min, até que esteja firme e dourado (enfiando um palito no centro, ele deverá sair limpo).

Enquanto o bolo assa, para a calda, aqueça numa panela a água com o açúcar, a canela e a casca do limão e mexa apenas até dissolver. Conte uns 5min a partir da fervura, até sumir a espuma e surgirem bolhas brilhantes e retire do fogo.

Junte a água de flor e reserve.

Regue o bolo na saída do forno com 1/3 da calda quente (vai parecer que tudo errado, que ficou um piscina de calda sobre o bolo), mas ela será absorvida bem rapidinho, espere 5min e regue com mais 1/3 da calda, aguarde mais 5min e regue com a calda restante.

Deixe o bolo esfriar, corte em quadrados e sirva, se quiser com uma bola de sorvete de creme ou de nata (fica ainda melhor!).

15 Comentários

  1. 1
  2. 3

    Sabe que tive uma experiência parecida com a sua. Eu comi esse bolo num hotel no Egito e fiquei enlouquecida, mas não tive a sua persistência para procurar a receita rsrs vou fazer com certeza! Obrigada por compartilhar

    • 4

      Rejane, boa noite! Essas experiências são inesquecíveis! Ainda bem que eu sou teimosa e não sossego enquanto não chego à receita dos sonhos.
      Vá contando pra gente sobre os seus testes!
      Abraços, Helô e Ana

  3. 5

    Nossa, fiquei maravilhado com sua experiencia…. São momentos assim que fazem a vida valer a pena…traz felicidade !!!
    Eu amo doces árabes (sirios, ou o que seja…) morei 3 meses na Arabia Saudita em Riad, ficava maravilhado com os doces. E na turquia então as lojas de doces enlouquecem qualquer um… Vc tem outras receitas?

    • 6

      Nelson, bom dia!
      A gente também adora esses doces, são lindos, perfumados, saborosos e cheios de texturas.
      Além do bolo de semolina, há a receita do ataif.
      Vamos pensar em outras possibilidades.
      Siga nos acompanhando, pois sempre temos novidades.
      Abraços, Ana e Helô

  4. 7
    • 8

      Juliana, boa tarde!
      Gostoso saber que a receita deu certinho e já passou a fazer parte da sua cozinha.
      O de gengibre é delicioso.
      Conte pra gente como ficou.
      Abraços, Ana e Helô

  5. 9
    • 10

      Cristina, bom dia!
      Assim que der um tempinho, a gente vai pesquisar e experimentar esse doce que você tanto gosta.
      Continue acompanhando o Na Cozinha da Helô, pois aqui não faltam histórias, receitas, fotos e dicas apetitosas.
      Abraços, Ana e Helô

  6. 11
  7. 12

    Um dos bolos preferidos da família q sempre compro na região da 25 de março,uma x vi uma receita complicada e desisti,apesar da minha impaciência na cozinha, esse bolo farei com certeza.Obrigada por tudo!

    • 13

      Alexandra, bom dia!
      Obrigada pelo carinho. Vale experimentar a receita, pois ela é simples de preparar e deliciosa.
      Conte depois como ficou.
      Abraços, Ana e Helô

  8. 14
    • 15

      Paulo, boa noite!
      Desculpas pela demora na resposta, mas a minha vida virou do avesso com a perda da Ana, filha e companheira aqui Na Cozinha da Helô. O momento está muito difícil e estou fazendo tudo conforme vou conseguindo.
      A assadeira de 20x20cm é padrão, uma quadrada média. Parece pouca massa, mas como o doce é “doce” e o bolo não é daqueles fofos, o ideal é conseguir uma camada não muito alta.
      Conte como ficou e escreva quando quiser.
      Abraços, Helô

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *