Adicionar à minha lista

Bolo de iogurte e limão

Ana Bacellar

Precisa preparar um bolo pra ficar pronto em uma hora e que seja fácil de fazer e, ainda por cima, com poucos ingredientes? Essa receita resolve tudo isso. Basta misturar tudo numa tigela ou bater tudo no liquidificador, quer dizer, um bolo só de misturar.

Gosto da massa com iogurte, que dá leveza, sabor e intensifica o sabor do limão na receita.

Faço esse bolo quase que uma vez por semana, com raspas de limão na massa e aquela caldinha de limão com açúcar pincelada no bolo ainda quente quando quero um bolo de limão, ou troco o limão por ½ colher de chá de canela e 1 colher de sopa de baunilha na massa e polvilho o bolo pronto com açúcar e canela pra agradar a minha filha mais nova.

Dá pra usar o limão que quiser e tiver em casa, pode ser tahiti, galego, cravo (ou rosado, caipira ou capeta) ou siciliano. O bolo fica bom com qualquer um deles.

A receita rende um bolo médio e que, com certeza, acabará em pouco tempo. Se, na sua casa, a quantidade for grande, congele metade do bolo por até um mês, fica perfeito.

Ingredientes

Bolo

  • ¾ de xícara (chá) de iogurte natural (normalmente 1 copinho de 170 g)
  • ¾ de xícara (chá) de óleo vegetal (180 ml)
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar (300 g)
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (240 g)
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó (15 g)
  • 1 colher (sopa) de raspas de limão (1 limão)
  • Manteiga pra untar
  • Farinha pra polvilhar

Calda

  • 1/4 de xícara (chá) de suco de limão (60 ml)
  • ¼ de xícara (chá) de açúcar (40 g)

Preparo

Aqueça o forno a 180º (médio-alto).

Unte com manteiga e polvilhe com farinha 1 assadeira média.

Coloque o iogurte, o óleo, os ovos, o açúcar, a farinha e o fermento no liquidificador e bata até obter uma massa lisa.

Misture as raspas de limão com uma espátula e despeje a massa na assadeira.

Leve ao forno e asse o bolo por uns 35 a 40min, até que esteja dourado, crescido, se soltando das laterais e firme (enfiando um palito no centro, ele deve sair limpo).

Enquanto isso, misture os ingredientes da calda numa tigelinha apenas até conseguir um creme esbranquiçado e homogêneo, reserve.

Pincele o bolo bem quente, saindo do forno com a calda, que cristalizará na hora e formará uma cobertura quebradiça.

Espere amornar e sirva em fatias ou quadrados com um cafezinho

11 Comentários

  1. 1
  2. 3
  3. 5

    Olá! Essa receita está com uma cara ótima! 🙂
    Uma dúvida: óleo vegetal pode ser óleo de milho, de soja? Ou… será que substituir por óleo de coco fica bom?
    Obrigada!
    Ps: sou leiga mas agora já quarentena estou me aventurando nos bolos. Sua página é ótima!

    • 6

      Bianca, boa tarde!
      Delícia receber mensagem como a sua e saber que você está se aventurando nos bolos.
      Pode ser qualquer óleo vegetal, como milho, canola, soja, girassol. O óleo de coco também funciona, mas não altera o sabor em nada e custa muito mais caro, acho que não vale a pena. Com azeite de oliva também dá certo, os portugueses acrescentam amêndoas (que combinam com azeite) e fica incrível, um bolo com um gostinho de azeite no fundo, mas o custo também sobe bastante. Quer dizer, os mais comuns, qualquer um deles, valem mais a pena pros bolos Vá contando as suas experiências pra gente!
      Abraços, Ana e Helô
      m, mas há 2 questões: o azeite de ol

  4. 7
  5. 8
    • 9

      Erika, bom dia!
      Em casa, a gente usa açúcar refinado comum, não é necessário usar o de confeiteiro. Pra conseguir casquinha: a mistura de suco de limão e de açúcar precisa estar grossista e esbranquiçada, pois se ficar líquida demais ela não terá tempo de se transformar em casquinha, o processo tem que ser rápido. Prepare a calda enquanto o bolo estiver no forno e ao lado de onde você apoiará o bolo saindo do forno. O que importa é retirar o bolo do forno e pincelar ou espalhar rápido com uma colher metade da calda, é esse contato com contraste da temperatura entre o bolo muito quente e a calda úmida que dá casquinha (o líquido evapora e sobra açúcar. Em seguida, deixe descansar por 10 minutos e pincele com a calda restante, deixe firmar. É assim que a gente faz. Quer dizer, as 2 coisas importantes: textura da calda e momentos de pincelar.
      Conte pra gente como ficou.
      Abraços, Ana e Helô

  6. 10

    Helo, querida!
    Quero te contar que esse bolo de limão já é tradição aqui em casa.
    Amo as suas receitas e seu jeito de escrever.
    Obrigada por tanto!

    • 11

      Cátia querida, que alegria receber uma mensagem como a sua pra começar o dia. Que bom que você gostou da receita e que ela já se tornou um “clássico” na sua casa. A gente estuda, testa, escreve, produz e fotografa com tanto amor, tanto carinho e tanta dedicação que o que você disse é tudo de maravilhoso.
      Vá contando sempre pra gente!
      Abraços, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *