Adicionar à minha lista

Bolo de chocolate muito fácil e muito bom

Ana Bacellar

Pra muita gente, bolo só é bolo quando é de chocolate.

Meu marido, por exemplo, come uma ou duas fatias de qualquer bolo que eu faça, mas devora quase que o bolo todo se for de chocolate. Às vezes até faço um teatro pedindo pra ele escolher o bolo dia, mas sei que ele vai me falar “dá pra ser de chocolate?”. Então, ele logo diz se a vontade é de comer um bolo basiquinho com ou sem calda, ou quer um bolo mais ou menos úmido, ou um brownie ou até um daqueles com bastante recheio e cobertura com jeito de aniversário.

Como eu amo um bom bolo de chocolate e sei que há versões pra todos os gostos e momentos da vida, vivo atrás de novas receitas. Também por isso, sempre falo que vale a pena ousar e, de vez em quando, deixar de lado a “receita de sempre” e experimentar uma outra. Gosto ainda de mostrar que o mesmo bolo pode servir pro dia a dia e também como sobremesa de festa, basta trocar a calda simples pela cobertura mais rica ou servir com sorvete.

Por isso tudo, acho que nada como uma receita de bolo de chocolate com muito chocolate, bem saborosa, com textura inesquecível e fácil de preparar, de preferência só de misturar, daquelas que dispensam batedeira e não deixam a pia lotada de coisas pra lavar.

A receita que vai aqui é exatamente assim. Ela nasceu de adaptações e misturas de várias receitas americanas que prometiam bolos ultra macios a partir do buttermilk, que é o soro que sobra quando se bate a manteiga, ou leitelho em português. Só que, como ele é quase que impossível de se achar por aqui, fui testar as mais diferentes sugestões para adaptação e fiquei com o mix de creme de leite com limão e bicarbonato de sódio (a receita não leva fermento químico, basta o bicarbonato pra fazer o bolo crescer e ficar fofo).

Acredite que o café serve pra deixar o sabor e o aroma do chocolate mais intensos e a quantidade é tão pouca que até quem jura de pés juntos que detesta café mal percebe ou reclama.

É fato que a receita leva bastante chocolate, mas o segredo do bolo está tanto na quantidade, quanto na mistura do chocolate em pó e do chocolate em barra mais amargo (tente evitar o chocolate ao leite, que adoça muito a massa e, no final, com a cobertura, dá um bolo meio enjoativo). A água fervente é necessária tanto pra derreter o chocolate em barra, como pra diluir e integrar o chocolate em pó aos demais ingredientes. A mistura dos açúcares comum e mascavo também é importante pro sabor diferente e mais complexo da receita, já que só com o comum o bolo fica mais básico e só com o mascavo o gosto de rapadura rouba um tanto da atenção.

O bolo, que não é muito grande, pode ser feito numa assadeira e servido em quadrados, ou numa fôrma média de buraco no centro pra ser cortado em fatias.

Eu, que acho que um bolo simples de chocolate ganha outra dimensão com uma calda ou uma cobertura, costumo usar a calda de chocolate rapidinha ou uma ganache e as duas possibilidades são ótimas. Como, no dia em que fiz o bolo pra fotografar, eu tinha em casa mais 250 g de chocolate em barra e o restante da garrafa de creme de leite (ela tem 500 ml e havia usado metade na massa), fiz a ganache, mas faça como quiser.

O preparo é simples e rápido, só mesmo o tempo pra tudo esfriar e firmar é que deixa o processo mais longo. Tanto a calda de chocolate rapidinha, como a ganache, ficam moles e líquidas quando preparadas e só encorpam quando começam amornam (aí estão prontas pra cobrir um bolo). Um bolo quente não só pode desmontar na hora de desenformar, como ainda faz qualquer cobertura derreter e perder a estrutura. E um bolo já com a ganache ainda precisa de mais ou menos 1 hora na geladeira pra ganache firmar (a geladeira é importante, pois a nossa temperatura ambiente é alta e o chocolate não firma direto). Aí depende do gosto de cada um, quem gosta de bolo gelado deixa na geladeira e quem prefere bolo em temperatura ambiente retira da geladeira logo que a ganache firmar. De um modo ou de outro, o bolo fica gostoso por uns 3 dias, depois começa a secar e deixa de ser tão macio e úmido.

Enfim, é um bolo de chocolate com muito gosto de chocolate e perfeito pra quem realmente ama chocolate.

Ingredientes

Bolo

  • 250 g de chocolate meio-amargo em cubinhos
  • ¾ de xícara (chá) de chocolate em pó (90 g)
  • ¼ de xícara (chá) de café coado bem forte e quente (60 ml)
  • ¾ de xícara (chá) de água fervente (180 ml)
  • 1 e ¾ de xícara (chá) de farinha de trigo (210 g)
  • 2/3 de xícara (chá) de açúcar comum (100 g)
  • 1/3 de xícara (chá) de açúcar mascavo (55 g)
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (sopa) de essência de baunilha (15 ml)
  • ½ xícara (chá) de óleo vegetal (120 ml)
  • 1 xícara (chá) de creme de leite (fresco de preferência, 240 ml)
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão (1/2 limão)
  • 4 ovos
  • Óleo ou manteiga pra untar
  • Farinha pra polvilhar

Ganache

  • 250 g de chocolate meio-amargo em cubinhos
  • 1 xícara (chá) de creme de leite (240 ml)

Preparo

Bolo – Aqueça o forno a 180ºC (médio-alto) e unte com óleo ou manteiga uma fôrma média pra pudim ou uma assadeira média

Numa tigela média, misture os chocolates em barra e em pó, então junte o café bem quente e a água fervente e deixe descansar por uns 5min para derreter.

Enquanto isso, coloque a farinha, os açúcares comum e mascavo, o bicarbonato e o sal numa tigela e misture com um batedor de arame.

Acrescente a baunilha, o óleo, o creme de leite, o limão e os ovos e mexa até obter uma mistura homogênea.

Junte a base de chocolate derretido e mexa até conseguir uma massa lisa.

Despeje a massa na fôrma e asse o bolo por mais ou menos 45min, até que esteja crescido, escuro, brilhante e firme (enfiando um palito no centro, ele deverá sair limpo).

Retire o bolo do forno, aguarde 15min e desenforme sobre o prato de servir.

Deixe esfriar completamente antes de cobrir.

Ganache – Coloque o chocolate da cobertura numa tigela e derreta no micro-ondas por uns 2min.

Com um batedor, misture o creme de leite até obter um creme bem liso e brilhante. Deixe esfriar por uns 30min antes de usar.

Espalhe a ganache sobre o bolo e leve à geladeira por mais ou menos 1h pra firmar. Se quiser servir o bolo frio, mantenha na geladeira por até 3 dias, ou retira da geladeira e mantenha em temperatura ambiente também por uns 3 dias, depois disso o bolo começa a ressecar e deixa de ser tão úmido e macio.

4 Comentários

  1. 1

    Sou sua fã desde q te conheci na Eduk. Vc ensina com tanta simplicidade q nos encanta. Obrigada por compartilhar mais essa receita. Na minha casa somos chocólatras tbm… rsrsr

  2. 3
    • 4

      Oi, Edna! A minha receita ja está um pouco “mexida” e, assim, as equivalências não são tão exatas. Se quiser, experimente trocar o creme de leite e o suco do limão por buttermilk. O bolo deverá ficar ainda mais leve, pois não terá a cremosidade do creme de leite. bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *