Adicionar à minha lista

Bolinho de chuva

Ana Bacellar

Difícil resistir a um bolinho de chuva, que também é conhecido por bolinho de sinhá ou filhó.

O tal bolinho frito é uma solução quentinha, gostosa e rápida pra um café da manhã ou um lanche, pra quando começa a chover e não há muito o que fazer, a não ser comer. Mas ele também resolve a vida quando não se tem pão fresco, quer por preguiça de fazer um pão, tanto de fermento biológico, como um rapidinho de minuto com fermento químico, ou por ser complicado ir até uma padaria e comprar pão.

Quando eu era menina, percorrer os 18 km de terra da fazenda até a cidade era uma aventura, a minha mãe sempre preparava bolinho de chuva pro café da manhã ou pro lanche e a gente se divertia ajudando buscando os ovos no galinheiro e o leite no estábulo, misturando e fritando a massa e, é claro, esvaziando a tigela. Em 45min, no máximo, tudo acontecia.

A receita é simples, basta misturar a farinha, o açúcar, o fermento químico, os ovos e o leite, e se quiser umas gotinhas de baunilha ou raspas de laranja ou de limão pra dar uma perfumada.

Em seguida, pra facilitar e conseguir bolinhos delicados, basta pingar a massa no óleo com ajuda de 2 colheres de chá, pois apesar da porção parecer pequena, eles estufam durante a fritura e não só cozinham por igual, como ficam com um bom tamanho.

Pra conseguir bolinhos bem cozidos, é importante aquecer o óleo até surgirem bolinhas nas laterais, diminuir o fogo pra que o óleo esquente demais, mas controlando pra que ele não esfrie, pois eles encharcam no óleo frio e escurecem rápido por fora e continuam crus por dentro no óleo muito quente. Depois de deixar os bolinhos escorrendo sobre papel por uns 2min, é só passar enquanto ainda mornos pelo açúcar e pela canela.

Muita gente pra comer? Basta dobrar ou triplicar a receita.

Não precisa esperar pela chuva pra matar a vontade. Ah, não se aflija com os bolinhos que ficarem com formatos alternativos ou rabichos, isso é 100% normal, tudo depende da forma que a massa cai no óleo.

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (240 g)
  • ½ xícara (chá) de açúcar (75 g)
  • 2 colheres (chá) de fermento químico
  • 2/3 de xícara (chá) de leite (160 ml)
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha (ou raspas de 1 limão ou de 1 laranja)
  • 2 ovos
  • 900 ml de óleo vegetal pra fritar
  • Açúcar e canela pra polvilhar

Preparo

Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar e o fermento. Junte o leite, a baunilha e os ovos e mexa só até conseguir uma massa lisa e homogênea, pois se misturar demais o bolinho fica pesado (a massa parece pesada, mas é assim mesmo).

Aqueça o óleo numa panela média ou numa frigideira de paredes altas até começar a borbulhar nas laterais, então diminua o fogo pra manter o óleo nem quente demais (os bolinhos escurecem por fora, mas ficam crus por dentro) e nem frio (os bolinhos encharcam).

Com 2 colheres de chá, pingue no máximo uns 8 montinhos de massa por vez no óleo. Sempre banhando com a escumadeira, frite até que os bolinhos estejam firmes e dourados.

Deixe escorra sobre papel absorvente por uns 2 min e polvilhe com açúcar e canela.

Sirva em seguida.

6 Comentários

  1. 1

    Amei A Receita Vou Pedir minha mãe para fazer . Vou salvar a foto é e os ingredientes e o preparo . Beijos para quem fez e para quem não fez . Amo bolinho de chuva . Já comi 4 vezes e vcs ? Respondem aqui em baixo ❤Amooo

  2. 3
  3. 5

    Helo,
    A receita além de deliciosa, ficou super sequinha!
    Eu já havia desistido de fazer os bolinhos porque as receitas que eu tinha não ficavam muito boas
    Nunca mais vou errar o ponto do bolinho
    Abrigada por compartilhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *