Adicionar à minha lista

Batatas ao murro da Helô

Ana Bacellar Batatas ao murro

Modos de fazer batatas ao murro não faltam, uns preferem a frigideira, outros o forno, uns deixam a casca mais ou menos dourada e eu, que amo crocantes, fico com as batatas ao murro da Helô. E qual o meu jeito? Batatas crocantíssimas por fora e macias por dentro, só isso.

Mas vamos lá. Primeiro de tudo vem no nome “ao murro” que fica por conta das batatas esmagadas e que servem pra romper a casca e deixar que o azeite com alho, tomilho ou alecrim, penetre na polpa.

Há duas formas tradicionais de esmurrar uma batata: apenas apertando com o dorso da colher ou cobrindo as batatas todas com um pano limpo e dando um murro em cada uma. Eu uso a colher quando faço até umas 20 batatas, e uso o pano quando tenho muitas batatas pra esmurrar ao menos tempo, aí fica meio que linha de montagem. O importante é conseguir que a batata se rompa, mas continue sendo “uma batata” e não um montinho de batata em pasta.

Normalmente, a receita de batatas ao murro da Helô é preparada com batatinhas novas, aquelas miúdas que, de tão macias e saborosas, fazem com que facilmente se coma umas quatro ou cinco (tem gente que come bem mais…).

E como fazer?

Há quem cozinhe as batatas na água até ficarem macias, descarte a água, depois dê o murro e doure as batatas no azeite com alho, tomilho sal e pimenta dos dois lados.

Eu acho que assadas as batatas ficam mais saborosas e prefiro usar o forno. Pra isso, coloco elas numa assadeira, polvilho tudo com um punhado de sal grosso e levo ao forno por uns 30 min. Ao final desse tempo, retiro do forno, chacoalho pra descartar o excesso de sal e em aí vem o momento do murro. Então, forro o fundo da mesma assadeira com uma camada rasa, mas farta, de azeite, misturo o alho, sal e pimenta. Coloco por cima as batatas, viro pra conseguir que elas fiquem umedecidas dos dois lados, finalizo com a polvilhada de farinha de rosca. Volto ao forno por mais uns 15min, até que elas estejam bem douradas.

É fácil demais e sempre agrada.

Elas acompanham deliciosamente bem carnes vermelhas, aves, pescados e, com uma salada de folhas regadas com um dos nossos molhos de salada já fazem a refeição. Adoro servir com galeto na brasa da serra gaúcha, rosbife simples como deve ser (veja também o nosso vídeo), polvo à lagareiro e também um bife saboroso.

Ingredientes

  • 24 batatinhas médias lavadas e com casca
  • 2 colheres (sopa) de sal grosso
  • 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva (aproximadamente 120 ml)
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1 colher (chá) de folhinhas de tomilho (ou de alecrim)
  • 1 colher (sopa) de farinha de rosca
  • Pimenta-do-reino

Preparo

Aqueça o forno a 180ºC (médio).

Espalhe as batatas numa assadeira que acomode todas elas numa camada só, espalhe por cima o sal grosso e leve ao forno por uns 30min, até que as batatas estejam macias, mas ainda claras.

Retire do forno, passe as batatas pra uma tábua e chacoalhe bem pra descartar o excesso de sal. Cubra as batatas com um pano limpo e dê um murro em cada uma delas. É importante conseguir romper a casca e dar uma esmagada, mas sem apertar demais pra não virar pasta.

Coloque o azeite, o alho, as folhinhas do tomilho e pimenta-do-reino na assadeira e misture bem.

Coloque as batatas na assadeira e vire pra conseguir que elas fiquem úmidas dos dois lados.

Espalhe por cima a farinha de rosca e volte ao forno por mais 15 a 20min, até que as batatas estejam bem douradas e perfumadas.

Sirva em seguida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *