Adicionar à minha lista

Barrinhas de cereais e sementes com tomate

Ana Bacellar barrinhas de cereais e sementes com tomate

Tem receita que a gente fica experimentando, testando, mexendo e remexendo até chegar ao resultado uau e foi isso que aconteceu com essas barrinhas de cereais e sementes com tomate.

Há um bom tempo, vi algo parecido numa revista e anotei num dos meus sei lá quantos cadernos. Agora, quando estava atrás de receitas interessantes com extrato de tomate Elefante, eu procurei as anotações e comecei a pensar na minha versão. Mexi daqui e dali, tirei uns ingredientes, acrescentei outros, alterei umas proporções e consegui as barrinhas bem rústica que vão aqui.

A massa é feita com várias coisas, tem aveia, gérmen de trigo, sementes de abóbora e de girassol, gergelins claro e escuro, amêndoas, extrato de tomate, parmesão (opcional) e manjericão.

O processo é simples e pode começar no liquidificador ou no processador. Basta dar uma leve triturada na aveia e no gérmen de trigo com as sementes, os gergelins, a amêndoa, o manjericão e o alecrim, passar essa farofa bem grossa e cheia de pedacinhos pra uma tigela, juntar o extrato de tomate, o parmesão, o azeite e água o bastante pra ligar os ingredientes e conseguir uma massa macia.

Em seguida, só abrir um retângulo com a massa sobre um pedaço de papel manteiga pra assar como uma placa, que só será cortada depois de assada e já fria.

Depois de cortada, as barrinhas de cereais e sementes com tomate ficam um pouco grossinhas, crocantes e deliciosas, lembrando aqueles pães chatos escandinavos, como o nosso pão crocante finlandês.

Duas ou três barrinhas valem por um lanche e, acompanhadas de um queijo ou da ricota fresca cremosa, de tofu cremoso com ervas, da tapenade clássica de azeitonas pretas e da caponata, elas fazem bonito em qualquer bandeja de aperitivos ou petiscos.

A receita ainda deixa bem felizes os intolerantes ao glúten, à lactose e os veganos.

Ingredientes

  • ½ xícara de aveia em flocos (43 g)
  • 2 colheres (sopa) de gérmen de trigo (ou de farinha de linhaça)
  • 1/3 de xícara de semente de abóbora descascada e torrada (35 g)
  • 1/4 de xícara de semente de girassol descascada e torrada (38 g)
  • ½ xícara de amêndoas inteiras e com pele (75 g)
  • 20 folhas de manjericão (uns 2 ramos)
  • 1 colher (chá) de folhas de alecrim
  • 2 colheres (sopa) uma mistura de gergelim claro e escuro
  • 1 colher (chá) de sal
  • 3 colheres (sopa) de extrato de tomate Elefante
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva (30 ml)
  • ¼ de xícara de água, aproximadamente (60 ml)
  • Flor de sal pra salpicar

Preparo

Aqueça o forno a 180ºC (médio).

Separe uma assadeira média e forre com papel manteiga ou com um tapete de silicone.

Coloque a aveia, o gérmen de trigo, as sementes de abóbora e de girassol, a amêndoa, as ervas, os gergelins e o sal no processador ou no liquidificador e triture até conseguir uma farofa grossa e ainda cheia de pedacinhos.

Passe tudo pra uma tigela, junte o extrato de tomate, o azeite, misture e acrescente água o bastante pra conseguir uma massa macia e que se solte das mãos.

Coloque a massa no centro do papel manteiga, achate com a palma da mão e abra com um rolo até obter um retângulo de uns 20x40cm. Se a massa estiver colando muito no rolo, lambuze a superfície com um pouquinho de azeite.

Salpique com flor de sal, leve ao forno e asse por mais ou menos 30min, até que a placa esteja bem dourada (é normal que ela doure mais nos cantos e nas bordas).

Retire do forno e deixe esfriar completamente (se possível sobre uma grelha).

Com uma faca de chef afiada (quanto maior a lâmina, melhor), divida a placa numas 24 barrinhas.

Guarde as barrinhas num pote fechado por até 3 dias, depois elas amolecem um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *