Adicionar à minha lista

Amendoim torrado salgado

Será que alguém já resistiu ao segundo amendoim depois de comer o primeiro? Eu acho que não. Amendoim torrado e salgadinho é tão empolgante que é fácil comer aos punhados e esvaziar a tigela num piscar de olhos.

Apesar de ser o petisco mais simples do mundo, o comum é comprar o amendoim de saquinho, abrir a embalagem e servir. Mas por que não torrar o amendoim em casa se a tarefa é tão simples? Acredito que a maior parte das pessoas não faça isso porque nunca parou pra pensar nessa possibilidade. Cresci comendo amendoim torrado que a minha avó preparava, aprendi com ela a receita e até hoje faço em casa exatamente do jeito que ela me ensinou.

O amendoim fica divino, crocante por dentro e com a pele avermelhada coberta por uma crostinha deliciosa e esbranquiçada de sal. Pra dar cara de amendoim de circo, de festa junina ou de vendedor de rua, é só embalar em cones feitos de papel rosado, esverdeado ou pardo e espalhar todos eles sobre uma bandeja de madeira.

Vale a pena preparar o amendoim em casa, tanto por ser divertido, como pelo sabor e certeza da ausência de conservantes e ainda pelo preço, que compensa mesmo. Não dá pra comparar. A receita rende bastante, mas acaba logo.

Ingredientes

  • 4 xícaras (chá) de amendoim cru com pele (500g, normalmente um pacote)
  • 2 colheres (sopa) de sal (30g)
  • 4 colheres (sopa) de água (60 ml)

Preparo

Aqueça o forno a 200ºC (alto). Espalhe uma camada de amendoim numa assadeira bem grande (ou duas médias) e leve ao forno.

Enquanto isso, numa tigelinha, misture o sal e a água. Asse por uns 20 minutos, quando os amendoins estejam dourados e bem perfumados, com as cascas rachadas. Retire a assadeira do forno e, imediatamente, misture a salmoura, misturando bem pra envolver todos os grãos, com o calor, a água evapora, e o sal forma a casquinha. Deixe esfriar e guarde num pote bem fechado por até 1 semana.

2 Comentários

  1. 1

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *