Adicionar à minha lista

Ambrosia de doce de leite

Ana Bacellar

Quase todo caderno de receitas mais antigo traz a receita das duas ambrosias que tanto fazem sucesso, a ambrosia de doce de leite e a ambrosia de laranja. Como adoro doces, ainda mais quando são caseiros e bem feitos, eu gosto das duas, assim como também adoro a versão ovos queimados.

Eu concordo com a Paula, minha cunhada, quando diz que a ambrosia da D. Joaninha de Araxá é a melhor do Brasil, pois é sensacional. Eu me lembro de um tempo em que vendia potes dessa ambrosia no Lá da Venda e logo no início de cada semana, quando chegavam os doces, uma senhora entrava e comprava três potes, pedia pra embrulhar dois, abria o outro, pedia uma colher e comia quase que metade do doce direto do pote. Achei que era exagero dos garçons e não dei muita bola, até que eu dia eu vi com os meus próprios olhos e quase não acreditei no que vi.

A receita não é muito rápida, porque depende do doce de leite, que deve ser feito em casa e meio ralo, e isso sempre toma uma pouco de tempo. O princípio é simples, são ovos batidos de leve com um garfo cozidos bem rapidinho no doce de leite ralo e fervente. Eu não gosto de mexer muito quando junto os ovos, prefiro pedaços maiores de ovo envolvidos pelo doce de leite, mas muitos gostam de mexer bastante e deixa-los quase que esfarelados.

O doce de leite pode ser puro, com baunilha, coco, raspas de limão ou laranja, ou especiarias variadas e sempre fica bom. Uma compoteira cheia de ambrosia de doce de leite faz bonito em qualquer casa.

Ingredientes

  • 1 litro de leite integral
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar (225 g)
  • 1 pedaço pequeno de canela em pau
  • 6 ovos ligeiramente batidos com um garfo
  • Canela em pó pra polvilhar

Preparo

Aqueça o leite numa panela média, de uns 20cm de diâmetro e fundo grosso (as de inox são perfeitas). Quando ferver, junte o açúcar e mexa até dissolver. Acrescente a canela, coloque um pires virado pra baixo no fundo da panela pra evitar que o leite borbulhe muito, suba e derrame, reduza o fogo e cozinhe o doce por mais ou menos 1h e 30min, mexendo de 5 em 5min, até ficar com cor de leite condensado, cremoso e cobrindo o dorso da colher. Junte os ovos, dê só umas mexidas pra separar em pedaços grandes, sem esmigalhar, deixe ferver por no máximo uns 2min pra evitar que os ovos endureçam e retire do fogo.

Passe pra uma tigela e deixe esfriar. Se quiser guarde na geladeira por até 1 semana.

Polvilhe com canela na hora de servir.

8 Comentários

  1. 1
  2. 3
  3. 5
  4. 7

    Olá, tudo bem?? Comi a melhor Ambrosia da minha vida em Tiradentes – MG, da doceira Maria Luiza. Ano passado eu voltei para lá, depois de 20 anos, e fui pesquisar se ela ainda existia. Consegui o WATZAP dela e encomendei 6. Trouxe congeladas para minha cidade. A sua receita é muito parecida com a dela. Vou tentar fazer amanhã, e depois te conto se deu tudo certo!! Abraço….

    • 8

      Marley, boa tarde!
      Na família do meu marido, ambrosia era sobremesa de festa e eu amava sempre que a compoteira chegava à mesa. Uma das tias do Carlos chamava o doce de ovos queimados e ela fazia muito bem. Na família do meu pai, era ambrosia de leite.
      Em Araxá, minha cunhada sempre compra ambrosia de leite (mas que tem textura ovos mexidos com doce de leite) da D.Joaninha, que é delicioso (além da dona Joaninha ter fama de melhor doceira da região).
      Enfim, delicie-se é o que a gente pode te desejar!!!
      Depois conte como ficou.
      Abraçø, Ana e Helô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *